Helena é metida mesmo…

… ou está assim por que Bruno mexeu com ela? A cena que ela vai ao Monastério e acaba encontrando – para sorte dela – com Bruno, ficou claro que quando Helena quer ser metida, ela é. Mas depois tentei entender a situação dela.

Vamos analisar: primeiríssimo lugar: ter uma enteada como LUCIANA. Mimada, pirracenta e que está afim do cara, tudo isso é um coquetel para Lú cair matando em cima da madrastinha. E ainda pode render problemas com o cachorro do Marcos; segundo lugar: o “pano de fundo”. A mulher encontra o cara num lugar apaixonante, super romântico (mesmo com a longa caminhada, escorpião e o sol tinindo no crânio) e só eles dois; e terceiro lugar, mas não menos importante: Bruno além de lindo, gostar de fotografia (que nem ela) é um galanteador. Pronto! Está explicado porque ela foi tão metida, ou melhor, chegou a ser antipática com o pobre do Bruno, evitaria uma grande tentação e consequentimente um grave desentendimento com a mimada.

Mas do jeito que essas duas estão no limite, não faltará muito para elas estourarem. Quem viver verá.

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *