Aproveitando o carnaval: Visão periférica: ZEEEROooo

Nunca entendi por que o povo de novela não tem visão periférica. Luciana vai conversar com Paixão no momento que Suzana está acabando com a coitada, mas como a boazinha Sú é educada, se retira para as amiguinhas conversarem. Quando as duas se acomodam e Lú pede que amiga console Jorge, eis que surge para ouvir a conversa: Suzana. E não é atrás da porta. A cara de pau ouve a conversa – quase que participando do papo – parada na entrada da sala. E Luciana com zero de visão periférica nem vê nada.

Acho até que a mais cega dessa história foi Paixão, porque ela estava de frente para a porta e nem viu Suzana. Mas como sempre vamos dar um desconto; afinal de contas, se todos as vezes que um cara de pau ficasse num ponto “estratégico” para ouvir/ver algum babado em novela e alguém com boa visão periférica visse não teria graça e nem história.

Comentários

comentários

4 comentários em “Aproveitando o carnaval: Visão periférica: ZEEEROooo”

  1. Deixa Suzana fazer o que ela bem entender! Ela é minha preferida! hehehehe
    Em segundo lugar a prostituta para ser dona do coração de Jorge! hehehe
    Aceito apenas uma sugestão da mãe dele, se ela conseguir afastar Luciana, deixa a tal da Paixão casar com Miguel e pronto! hehehehe
    Falando em casar, quem vai ser o par da Glória? Ela é o braço direito da mãe de Helena na pousada, mas não vejo nenhum amor para a Glorinha! hehehehe

  2. Menina, acho ainda que Ariane vai entrar na disputa. Do jeito que está desesperada espero que ela fique logo com Jorge. Hummm pra Glória… ahhh pode ser o Maradona kkkkk Por falar no argentino, hj Rafaelita abre o pico na mesa pra todo mundo ouvir que Dora está grávida de Maradona. Agora foi que deu 🙂

  3. Agora uma dúvida, que raio de amizade é a de Paixão e Luciana hein? Quase nunca se vem, quase nunca se falam, e quando se encontram são super confiáveis, discutem assuntos sérios, sei lá, acho estranho…estranhas

  4. Ainda mais na situação de Luciana. Acho que Paixão só encontrou ela uma ou duas vezes depois que ela voltou de Patra. Por falar em amizade, e Bruno? Que ficou desesperado querendo visitar Luciana e depois sumiu de vez. Nem liga. Tem umas histórias que vão se perdendo no caminho, neh?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *