Felipe. O sexto elemento

Nó na garganta. Essa frase descreve bem o capítulo de ontem. O sexto filho de Miguel apareceu. Numa situação bem delicada, dando início ao fim. Todos os irmãos se mobilizaram para fazer o teste de compatibilidade; com o resultado sem sucesso, uma nova medida deverá ser tomada. Se bem que todos pensam que o pai biológico está morto. Mas como contar isso para uma mãe desesperada que tem nessa busca pelo doador anônimo a última esperança? Que situação! Ainda bem que dois pessoas nessa trama podem fazer a diferença; e com isso a “reencarnação” de Miguel é inevitável.

Lauro e Isabel. Que por sinal não vêm vivendo bons momentos. Isabel chegou em casa soltando fogo pelas ventas – como diria minha avó – e saiu atropelando Lauro com a notícia da necessidade do transplante de fígado para o recém-chegado filho do amigo. Mas, como já disse, para todos ele está morto. E cá entre nós, a terapeuta segurou bem esse segredo, viu? Porque eu teria aproveitado o ímpeto quando soube de Felipe e teria dito a real. Se bem que ela não sabia o paradeiro dele. Talvez não adiantasse. Bem, mas Lauro sabia e conseguiu falar com ele. Fiquei com pena.

Gente, que turbilhão deve estar a cabeça de Miguel. Porque se para os meios-irmãos já foi um choque, imagina você está prestes a fazer o que sabe de melhor (no caso dele sumir/fugir) e recebe a notícia que tem um filho muito doente precisando de você. Dessa vez ele não seguiu a risca o que disse lá atrás: que “a partida precisa ser um corte rápido“. Ele fez questão de se despedir. Não só isso. Criou vínculos. Será que só ele não se deu conta que o antigo Miguel morreu naquele naufrágio? Uma coisa é certa, ele deve estar morrendo de medo; porque uma mega mentira será descoberta e ele  terá sua vida exposta – a tempos escondida no baú da memória – para ser remexida de cabo a rabo. E ainda encarar pessoas que confiaram nele, amaram…e acredito que se fosse no mundo real, até com a justiça teria que prestar contas. 🙂

Por falar em prestar contas, outro que está se afundando no seu próprio eu é Pedro. Ele está se dando conta que terminar com Taís não será tão simples assim. Por mais determinado que esteja, que ame Júlia, ele se entregou de verdade nessa relação com a ex economista, e mesmo falando em alguns momentos que o filho não foi planejado e tal, é difícil um cara sensível como ele não se envolver e não admirar o ser que está gerando aquela vida. Putz! Vai ser complicado. E se Júlia não souber conduzir as coisas vai acabar se tornando a “vilã”. Como aconteceu no flagra de Bernardo. Ele olhou para os dois juntos constrangido (sem contar que é estranho. Até ontem eram irmãos) e diria até com nojo daquilo tudo. Ainda bem que o casal se deu conta e decidiu maneirar nos amassos até Pedro resolver a vida dele.

Rapidinhas

  • Irene está radiante. Diana confirmou que a criança será dela. Vamos ver até quando essa confirmação se sustenta.
  • Marina não contava com essa… dá de cara com Pedro beijando outro e ela ainda ter que mentir para Taís? Deve ter ficado bem desapontada. E essa é uma situação típica que a garota que está com o marido da sua amiga fica rotulada de antipática (no mínimo) para sempre. kkk
  • Marlene não quis me ouvir e chamou Durval para sua casa sem antes conversar com Bernardo. Bom, ele não deu de cara com uma cueca a mais no varal, mas foi quase isso. Fez tudo errado. Agora que ele não aceita mesmo esse malandro.
  • Não canso de dizer…adoro Eriberto. 🙂
  • O que está acontecendo com Vicente? Está estranho, com um peso quase palpável, neh? Parece até que não gosta mais de Lígia. Tudo agora é motivo de briga. Pelo jeito vão se separar antes de Miguel aparecer.

Isso chamou minha atenção

Unhas_JúliaDas duas uma. Ou Júlia é psico por unhas bem feitas e corre para o salão (mesmo com o mundo desmoronando na cabeça) a qualquer sinal de esmalte saindo; ou a produção comeu mosca na sequência da cena e pintou as unhas da moça na cor errada. Fico com a segunda opção. Os detalhes, produção, detalhes…

Foto: Raphael Dias

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *