#destravaMiguel

Miguel é a pessoa que mais perde o time das coisas. No momento que Lígia falou sobre Marina ele deveria ter dito: “isso aconteceu por culpa sua. Quem mandou vc voltar para Vicente?”. Ela iria fazer cara de pastel e no final das contas todos saberiam que foi um grande mal-entendido. Mas não. Ele fica agitado, coçando a cabeça e não fala o que deveria. Dessa forma as pessoas pintam ele como vêem. O cara insensível, egoísta, que brinca com a vida dos outros. Coitada de Marina que pegou um Miguel mega frustrado pela frente. Mas ela não aprende. Porque no aeroporto mesmo com aquela recepção… eu já teria me mandado. E depois de ser acusada por Miguel como a culpada por ele ter perdido a chance com Lígia, ela ainda se deu conta o quanto ele ama essa mulher…uau! Essa doeu em mim. Pelo menos dessa vez ela se mandou. Marina tem que aprender com Júlia: encosta o carro que vou descer. 🙂

Por falar em aprender, pelo jeito Laila já está maquinando algo para desmascará Durval. Mas eles deveriam ter ido atrás da ex. Falar que ele está enrolando a atual dizendo mandar dinheiro todo mês para filha. Perderam a chance. Ahh por falar em armar e Eriberto que fez a “ponte” entre mãe e filha? Esse homem é maravilhoso. Tão engajado. Pena que Elisa não perdeu tempo em contar para prima a sujeira que a tia fez. E logo na sobremesa? Por essa Marta não esperava. Outra que foi pega de surpresa foi Irene. Ela fugindo de Caio com o carrinho de supermercado foi hilário. Mas não adiantou, neh? Será que tem volta? Ela vai acabar engravidando dele.

Pelo jeito não é só a irmã de Lígia que almeja um rebento. Virgínia está na tentativa também. Ela cheia de questões. Se têm dúvidas porque não faz os exames, neh? É rica pode bancar uma “investigação”. Agora fica sofrendo achando que pode ter um problema. Resolve logo, menina. E Arthurzinho? Com a mesma cara de sempre. Ô sortudo. Pelo menos a sorte dessa vez não está só com ele. O irmão está sorrindo a toa. Diminuiu as despesas,  está fazendo o que gosta e conquistando uma mulher sem filho. Olha que maravilha! Ele irá começar do zero com ela. E com calma.

Filho. E Pedro se saindo um bom pai (já que Taís só quer receber as visitas e dormir kkk). Rodrigo está levando mais serenidade ao pai (será?). Porque depois de ter passado por dois sustos ele não deu piti. O primeiro, a visita de Miguel. Que vem demostrando o quanto quer se fazer presente e deixar de ser um estranho na vida dos filhos; e depois Júlia com o inseparável Felipe. Que mesmo sendo bacana e tal, vira e mexe atura as cutucadas do irmão mais novo. Uma coisa que não entra na minha cabeça é Taís não se questionar o quanto é estranha a relação entre Pedro e Júlia. Pelo menos a ex meia-irmã tomou uma atitude. Se manter distante. Encarar a família perfeita foi demais para ela. E como sempre a querida Laila segurando a onda da irmã.

A rede de amizade nessa novela é muito boa. Veja Lígia. Joaquim tomou um tombo e a equipe estava lá para o suporte. Até Miguel apareceu. Tudo bem que foi enxotado, mas estava lá, querendo saber do filho. Apesar de ter saído sem nenhuma notícia. Mas essa atitude do pai biológico mexeu com Luís. Abrindo um parêntese sobre as tentativas de Miguel, acho que ele deveria dar um tempo para Pedro e tentar os outros filhos. Felipe e Júlia (vou colocar ela nessa conta) já estão no páreo. Agora é construir um vínculo. O próximo da lista deveria ser Bernardo. Afinal, ao visitar o pai ele baixou um pouco a guarda. Miguel não deveria ignorar isso. Laila será mais arredia, mas já está na hora dele se fazer presente na vida dela também. Tentar. A palavra é essa. Como diz uma amiga: o não eu já tenho. Vou correr atrás do sim.

Bem, voltando, os relacionamentos de casais são interessantes, mas as relações de amizades são enriquecedoras.  O apoio, a presença… quando vejo cenas como a do hospital que numa situação apreensiva as pessoas estão presentes, dá vontade de pegar o telefone e ligar para um monte de amigos. Coisa bacana isso. Tem até as amizades perigosas. Como a de Luís e Isabel. Essa relação está tomando um novo rumo. O olhar, o beijo inseguro na bochecha, a vontade de conviver… eita que Lauro vai ter que chorar as pitangas com o amigo.

Por falar em chorar as pitangas, o que tanto Lígia reclama da decisão de ter largado Vicente?! Ela não tem um pingo de dúvida que ama o oceanógrafo. Nunca, nunquinha disse amar, ou estar apaixonada por Vicente, e agora fica nessa choração? Ele não vai deixar de ser o ótimo pai que é, então, minha flor, siga o conselho que você deu para Miguel: se permita ficar só.

Foto: Raphael Dias

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *