The End I

Quero começar falando sobre o depoimento do último capítulo. O regente João Carlos Martins. Ouvir a história dele me fez refletir sobre a minha vida. As vezes reclamo de algumas coisas, em outros momentos acho que a vida está sendo injusta, mas quando ouvi a história de João, eu pensei: “Obrigada Senhor pela vida maravilhosa que tenho”.

Outro ponto, é a garra que esse homem tem. Meu DEUS, às vezes desistimos no primeiro tropeção. Imagina se ele tivesse desistido quando teve o acidente no jogo?? Não chegaria a regente aos 63 anos. Então, quero deixar aqui registrado que histórias como a de João Carlos, não devem despertar o sentimento de pena, mas sim a coragem de seguir em frente.

É claro que não poderia deixar de falar da música que ele regeu, a 9ª Sinfonia de Beethoven, pois um dos momentos mais lindos da minha vida, foi quando fui ao concerto da OSBA e convidados no TCA, aqui em Salvador, onde eles interpretaram a 9ª Sinfonia. É importante salientar que a escolha da música tem tudo a ver com os depoimentos de superação que a novela apresentou durante seus capítulos, pois Beethoven compôs a 9ª Sinfonia imerso em completa surdez. Ouvir essa música – na minha opinião – é como ouvir a voz do nosso divino. É algo mágico.

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *