Todos juntos e… separados?!

É muito irmão para um capítulo só. O que dizer de Laila? E Luis? E Bernardo todo esquentadinho e com nojinho de cebola? E Pedro e Júlia no maior clima de romance na frente de quem quisesse ver? É muita informação. Vamos desatar esses nós ao longo da novela 🙂

Laila. Luis definiu bem a irmã. Ela é uma pessoa que não tem filtro. Sai atropelando todos com suas frases de menina “não tô nem aí”. Já li que ela tem algum problema. Será que é com o álcool? Ou existe patologia para quem fala sem pensar? Verdade seja dita. Ela mandou bem sinalizando a postura dos irmãos em relação a Bernardo. Eu nunca entendi porque a questão social pautava a conversa deles, já que o discurso de Pedro para justificar a rebeldia do irmão pobre era a falta de um pai.

Por falar em pobre, cá entre nós, a vida de Bernardo está longe de ser miserável. Ok? Em relação ao padrão de vida dos irmãos a dele fica aquém, mas daí Júlia usar um tom beirando a miséria para falar da realidade dele, já é demais. Concordo com Laila! Eles que estão deixando o meio-irmão constrangido.

Luis. Educado, centrado… e tenso. Nem no barzinho o cara relaxa. Pelo menos não estava de terno e gravata. Fica dando apagação na irmã na frente de todos. Tudo bem que ela é instável e uma metralhado de frases constrangedoras, mesmo assim não justifica tanta regulagem. Vamos vê se esse fuzuê de irmãos deixa ele mais leve. Ahhh e vem por aí Branca. A esposa. Que segundo Laila não gosta que o marido consuma glúten kkkk

Sobre a capela cheia de cupim, Júlia dá espaço para Pedro. Foi rápida em dispensar Elisa, mas aceitou a companhia dele sem pestanejar. Estão tão ligados e apaixonados. Ahh deveriam dá logo um beijo para se sentirem culpados e se afastarem de vez. Que dramalhão. E pensar que a verdade faria toda diferença nessa história. Agora, Júlia vai aceitar o pedido de Edgar e Pedro vai embora por um tempo. Por falar em Edgar, hoje tem briga. Porque ele não gostou nada, nadinha de ver sua doce obsessão abraçada em outro.

Paquera cara

Marta_EribertoMarta ficou mordida porque a sócia foi convidada para um jantar e ela não. O motivo? Ela é solteira. A mãe de Júlia não pensou duas vezes em mudar o estado civil. Assim que encontrou sua vítima foi ao ataque. E por uma bagatela de R$ 37 mil Reais… não, ela não comprou um marido. Comprou um vaso caríssimo para flertar com o leiloeiro. Aí, meninas, fica a dica de paquera a la Marta. 😉

Foto: TV Globo

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *