Recomeço para uns. Final para outros

Já comentei aqui o quanto acho Debora Bloch boa atriz. E vendo a cara leve e feliz pós Miguel tenho mais certeza disso. O sorriso frouxo, os suspiros…é muito amor misturado com paixão entre esses dois. Coisa que não vejo entre Luísa e Vicente. Por isso, vez ou outra me pego pensando se eles irão ficar juntos mesmo. No final das contas, no contexto atual, quem combina mais com ele é Irene. Madura e com filho. 🙂

E por falar em filho, a separação dos pais pode ser catastrófica para as crianças, agora, pense tento ao lado uma mãe feito Branca? Sofia já está demonstrando alterações no comportamento. Luís terá muito trabalho até encontrar o “final feliz” dele. Porque além de tentar resgatar os filhos, ele está tentando reatar a amizade com Isabel. Não sabendo ele que aquela relação já saiu do status amizade faz tempo. Mas como tem gente que ainda acredita em amizade depois de um beijo apaixonado daquele, Lauro se fez presente no momento exato para mostrar que essa joça não vai dar certo. Coitado! Pior que na situação atual ele vai perder as estribeiras e é bem capaz dela contar sobre o beijo.

Agora vou te dizer uma coisa, a culpa dele ter dado o flagrante foi de Lígia. Porque se o marido de uma amiga faz um comentário daqueles sobre a lingerie na hora o radar “vou ter que improvisar” ligaria. Mas não, fica Lígia feito uma boba dizendo que não estava entendendo nada. E nem venha culpar o vinho. Poderia estar caindo de bêbada, mas não daria um furo desses. Aí ferrou! Lauro descobriu a mentira, se desentendeu com a mulher, ficou com a consciência pesada, foi no trabalho dela para se conciliarem, mas o que acontece? Presencia um abraço DAQUELES em Luís. Moral da história: esse negócio de surpresa não dá certo. kkkk

Prova disso foi a situação entre os casais Vicente e Luísa e Lígia e Miguel. O pai de consideração inventou de fazer uma surpresa para o filho na saída da escola e o que aconteceu? Encontrou a ex com o amor da vida dela. Essa doeu. Fora o constrangimento, o encontro foi civilizado. Um parêntese: além dos filhos de Luís, Joaquim também vai precisar de terapia. Gente, é muito para uma criança de 2 anos (eu daria 4 anos) entender essa confusão de pais e irmãos. Voltando, Lígia também teve uma pitada de incômoda. Afinal, ele arranjou outra com a metade da idade dela. Isso incomoda de algum jeito. Mas o complexo de idoso de Vicente que estraga tudo. Precisava falar daquele jeito com Luísa. Ele rotulou naquele momento a relação deles como “algo passageiro”. Babaca.

E o filho indo pelo mesmo caminho. Me apropriando de um resumo sobre Pedro que uma amiga me falou: Ele é o típico homem. Não larga a mulher. A mulher larga dele. Vai atrás da outra mesmo sabendo que ela está resolvida com outro alguém; e conta que está separado como se ele tivesse decidido. Esse é Pedro. E ainda apelou. Foi com o casaco (mesmo com o sol escaldante) do Arpoador. Ainda bem que ele se manteve na linha “estou confuso e sem coragem”. Porque se ele chega dizendo que estava ali esperando ela, que Tais decidiu ir embora com o rebento e que ele estava ali para pedir uma chance… sei não.. acho Júlia pularia no pescoço dele. Nem quero pensar nisso. Fica com Felipe, menina.

Olha a diferença entre a atitude de Caio e a de Pedro. O senhor dente preso acabou se levando pela situação de Irene e Dora, mas notou que estava indo por um caminho que não era claro. Conversou com Irene e avisou que iria se afastar por um tempo. A publicitária sentiu, chorou (depois que ele foi embora, claro), mas com certeza entendeu que dessa forma foi melhor. Agora, imagina se ele faz igual a Pedro. Patinando entre uma história e outra, mentindo, se enrolando cada vez mais, ela iria se sentir humilhada e furiosa. A verdade. Sempre.

Rapidinhas

  • Engraçado como os personagens mesmo estando em lugares diferentes da cidade acabam indo no mesmo restaurante. Dia desses Luísa e Taís quase sentam nos colos de Luís e Isabel. Miguel também foi outro que mesmo morando longe pra dedéu dentro da montanha parou nesse mesmo lugar para comprar vinho. Júlia que pela surpresa em encontrar Pedro, deve trabalhar longe da área do ex irmão namorado, também foi para lá com Elisa. Eita que esse lugar deve ser bom mesmo. 🙂
  • Já deu pra perceber que não vai ter festa de casamento para a cliente de Marta, neh? E pela importância da noiva isso será queimação. O noivo ao invés de estar escolhendo o champagne, estava na “pista de dança” de Laila. Pelo jeito a dona do buffet vai querer ficar quilômetros de distância dos quase meios-irmãos de Júlia.
  • Guida e Aníbel estão se entendendo, mas pelo jeito a mãe de Elisa vai ter trabalho para convencer o futuro namorado que ele é um idoso e que isso não significa “passar recibo” para os outros; como ele costuma a dizer.
  • O filho de Arthurzinho é tão lindo e tranquilo que Virginia vai receber a criança de braços aberto. Acho até que seria a melhor opção. Ela ficar com o bebê e Arthur, Olívia e dona Iara pegarem a estrada com a trupe.
Foto: Inácio Moraes

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *