Despedida

Quem quis pegar Miguel no colo levanta a mão? o/

Coitado. Numa tristeza profunda. Confesso que rolou um esforço para abstrair os cortes na sequência da cena da conversa entre ele e Joaquim, mas entendo que contracenar com crianças pode ser uma caixinha de surpresa. 🙂

Esforço que acabou esquecido na cena em que Miguel e Lígia pensam um no outro. E a música? Por falar em música, sempre quis escrever um post sobre as músicas dessa novela, mas acabo adiando. Se eu já reclamei da falta de liga entre os personagens e seus nomes, não tenho o que falar das músicas. Cena e música se completam. Uma seleção digna para se entrar na lojinha da globo.com e clicar em “comprar”. kkk

O capítulo de ontem foi para deixar aquele gosto de expectativa. Encontrar Luzia e ela ser receptiva foi importante, mas daí a convencer Miguel a entrar nesse mar revolto são outros quinhentos. E os diários? Deve ter muito podre sobre o pai dele. Porque pelo vista a mãe não era submissa à toa.

Mas falando de algo mais leve, e Luís e Isabel? Namoradinhos. Que lindo! Curtam bem, meus queridos, porque quando Branca souber desse babado não vai dar folga. Outro casal que pelo jeito também mudou o status foi Durval e Marlene. De ex para atual. Achei muita cara de pau dele fazer aquele discurso todo e no final dizer que “hoje eu nem espero muito. Não espero nada além de um beijo”. Oi?! O “ir devagar” nessa novela é bem moderno.

Pelo jeito a única que prefere a moda antiga é Elisa. Ela sim está indo devagar; mas eu acho que esse cara não está com boas intenções (sinal que ir devagar não quer dizer nada). O discurso de Júlia que o fotógrafo pode estar interessado na Elisa comum, a estudante de medicina, a diferente das outras… sei não. Acho que isso é furada. Ô, Elisa, Bernardo é meio pirralho, mas dá uma chance pra ele. Você pode se surpreender. Levantando a bandeira em prol do amor. \o/

Rapidinhas

  • Eu tento suavizar meu olhar em relação a Pedro. Penso que ele está perdido, frustrado e sem perspectiva, mas ele está tão chato, mais tão chato, que desisti. Vou dar tempo ao tempo e esperar que o botão “ir atrás de Júlia” seja acionado e ele volte a ser mais sensato. Apesar de meu lado egoísta querer que ele fique em Noronha com o filho e Taís trabalhando na recepção de um hotel.
  • Marlene, já que você não me ouve, pelo menos ouve Guida. Ele te passou a perna, foi mau-caráter com seu filho e com a outra família que um dia ele teve. Para de ficar correndo atrás de homem. Faz uma viagem, sai com as amigas…. curta sua vida.
  • Aí, gente, tudo bem que até concordei com que Esther disse sobre se meter na vida dos outros para ajudar. Achei uma justificativa plausível, mas estou começando a achar que ela está indo longe demais. Traindo até a confiança da recém-amiga. E enganando o diretor da empresa. Espero que esse plano dê certo.

Agora é esperar Miguel ir falar com Luiza. Será que ele vai?

Foto: TV Globo

 

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *