Universo conspirando contra

Com minha vida cheia de contra tempo estou escrevendo menos que gostaria, mas nada que uma maratona Além do Tempo não resolva. Então vamos aos tópicos.

  • Mesmo que o Papa me dissesse que Felipe está me iludindo eu iria pagar pra ver. Ainda mais acreditando nas palavras e no olhar dele. O pobre conde ficou desolado depois que a ex noviça deu um passa fora nele. Já vi que esse amor só será vivido depois de 150 anos.
  • Não adiantou Felipe falar dos seus sentimentos por Lívia com o Padre Luís. Parece que nessa época o amor não tinha muito cartaz. Como disse a condessa: “amor? Você conhece algum relacionamento baseado em amor?”. É o amor está sem credibilidade.
  • Apaixonada por Irene Ravache no papel da Condessa Vitória.
  • E Melissa se fingindo de coitada? Até que a condessa tem bastante paciência com ela. Deve ter algum babado nessa história dela com o pai da chatinha. Algo além da promessa feita no leito de morte. Dorotéia que está se revelando uma comediante. E nada sensível com a situação da filha. E ainda para piorar, o filho falido se juntará a trupe. Vamos ver no que vai dar.
  • Melissa já falou em se matar. Será que ela vai ser uma reencarnada depois do suicídio? Seria bacana ter um personagem com uma carga dessa. Pena que a interpretação…
  • Gente, quem tem um anjo feito Ariel está bem guardado. Ele é onipresente e não mede esforços para ajudar Emília e a filha. Será que o objetivo dele é promover o reencontro entre ela e Bernardo? E será que ele também tem como missão ajudar o conde e a amada? Quantas questões. 🙂
  • Anita tinha que ver Melissa se jogando nos braços do conde, neh? Agora, os empregados julgam muito mal ele. Mimado, arrogante… não vi nada que remetesse a isso. Fora a indiferença com o filho, ele é bem discreto e respeitoso.
  • Inclusive ele teve uma conversa bacana com o menino. Mas bastou falar em Berenice para ele se incomodar.
  • Por que diabos Emília NUNCA – nesses milhões de anos em Campobello – foi a antiga casa que morou? E por que ela não foi morar lá quando retornou? E quando visitou a casa não viu a grande cobra que a condessa matou? Nem sentiu o mal cheiro? Até o bandolim estava perdido por lá. Deve ser num lugar bem isolado. Vá hoje em dia deixar um terreno abandonado por muito tempo para ver o que acontece.
  • Pedro a cada dia mostra mais as suas garras. Racista que é bateu de frente com Raul. Que por sua vez não deixou barato. O filho de Gema deve dar o troco. Vai aprontar alguma. Ele é muito ruim e vingativo. E encabeçando a sua lista tem Felipe. Espero que ele não consiga a vaga de valet de chambre; porque como jardineiro ele já contamina a todos com suas intrigas contra o conde, imagina convivendo de perto.  Pior que ele acredita de verdade que o rapaz é um mau-caráter.
  • Gema teve uma postura firme e acertada com as baboseiras que Pedro falou sobre Raul. Foi contra o filho acreditando em algo nobre. Que todos somos iguais. Será decepcionante quando ela descobrir que o filho é uma pessoal má. Coitada.
  • Uma coisa é certa, Felipe não tem medo da tia-avó.
  • Ô e Massimo sendo singelo com o seu sonho de consumo. Ver a mulher como ela veio ao mundo. Essas novelas de época proporcionam cada choque cultural incrível. kkk
  • Só falta Anita achar que Melissa é boazinha só por causa de meia dúzia de palavras. Ai ai
  • Tenho pena de Bianca.
  • Se parar para analisar, Severa com aquela língua venenosa é responsável por intrigas em vários cantos da casa.
  • Se eu fosse o conde nem por tortura contaria que sou apaixonado por outra mulher. Diria na lata: eu não te amo. Isso bastou para terminar. E ponto.

PS. Não incluí o capítulo de hoje.

Foto: TV Globo

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *