O desfeche está próximo

Com tanto tempo sem escrever, vamos sem rodeios aos tópicos. Claro, que antes é bom sinalizar que não sigo ordem cronológica. 🙂

  • Não sei se Dorotéia estava planejando ameaçar Vitória ou se o fez por impulso, mas que a atitude já pagou a cara que a condessa ficou isso sim. Agora o que ela vai fazer? Designar Bento para mais um servicinho sujo? Usará de outra “arma” para desbancar Dorotéia ou irá ceder as prováveis exigências da plebéia?
  • Os planos de Melissa são todos truncados. Alguns dão quase certo e a maioria é um desastre. Inicialmente até parece que ela acerto no alvo, mas depois… Por exemplo, Severa foi demitida, mas ela acabou reconciliando Lívia e Felipe.
  • Carola se “vendeu” por tão pouco, neh? Apesar de ter uma queda por Pedro – pelo menos nunca demostrou que era amor de verdade – ela tinha uma clareza da situação. “Ele está me usando para chegar no seu verdadeiro amor. Lívia”, resumindo era isso. Mas mesmo assim abriu o portão. Será que ela irá assumir para Lívia o que fez?
  • Massimo foi firme com Felícia. Isso faz toda diferença ao educar um filho. Saber a hora de impor limites. Para variar, Salomé e Bianca não acertam uma. Por falar na família Buscapé, o patriarca confirmou suas suspeitas. Agora ele terá que agir.
  • Quando eu vejo Gema e Raul juntos, sendo cúmplices fico feliz. Torço por eles. Espero que nem a maldade e o preconceito derrubem esse casal.
  • Dei muita risada quando Felícia comentou com Rita que crianças não podem ficar sozinhas porque fazem muitas besteiras. Fazem mesmo. O que não é de todo um mal. Agora, achei que Alex fosse defender Severa. E exigir que a preceptora continuasse. Afinal, ele afirmou certa vez que não permitiria a partida dela.
  •  Capoeira é luta é dança / Capoeira é arte é magia… Foi com a surpresa dos pés que Raul venceu mais uma luta.
  • Que Dr Botelho está caidinho por Severa já sabemos, mas será que desse piano carrancudo sairá melodias suaves? 🙂
  • Emília está condessa Vitória em carne e osso. Escondendo Bernardo do mundo. Com a mesma desculpa: por amor. Sei que já falei sobre isso… mas me revolta tanto essa atitude que me torno repetitiva.
  • Senti firmeza na ação de Anita. Qual terá sido a decisão dela? Enfrentar o mundo e cuidar do filho sozinha? Pedir as contas e voltar para casa? Propor a Afonso que fiquem juntos? Por falar nele, que sofrimento ao saber da gravidez. Ainda bem que não pensou em hierarquia e deu uma coça no covarde do Roberto. Claro que ele merecia bem mais, mas já é um começo.
  • Zilda com a mão no peito fingindo um mal-estar para sensibilizar Afonso. Ô povo que gosta de uma chantagem emocional.
  • A condessa anda mais hilária do que nunca. E a parceria entre ela e Zilda rendem boas risadas.
  • Apesar de ter que ouvir a avó chamar a mãe de rameira e dela afirmar que o pai voltará para o manicômio, até que Lívia segurou bem os ânimos. Como sempre, Raul estava por perto para acudi-la.
  •  Padre Luiz vai cair duro um dia desses. É muita informação pesada para uma mente “santa”.
  • Sobre o convescote,  com tanta roupa deve ser desagradável; Lívia linda como sempre. Deixou Melissa no chão; tantos preparativos e acabou tão rápido por causa da queda de Alex; Bianca querendo entregar o tesouro e Roberto sonhando com as barras. Sabe de nada, inocente.
  • Tem questões religiosas que são tão incoerentes. A irmã Lúcia, por exemplo, ficou mais preocupada porque Emília e Bernardo “vivem em pecado” – já que não são casados – do que com o bem-estar do quase moribundo. E o amor ao próximo? Fica onde nessa história?
  • Quem diria que Severa sairia do casarão se despedindo de todos, pedindo desculpas e agradecendo e os outros funcionários receptivos. Quer dizer, menos Walmir que levantou as mãos para o céu e agradeceu. 🙂 É importante sinalizar, que a cena não ficou forçada. Como se de um dia para o outro a ex preceptora virasse uma santa amada.
  • Não é possível que Felipe não fique com uma pulga atrás da orelha com as atitudes de Melissa. A mulher se embrenhando no porão para procurar o diário? Sem ao menos falar com ele? Ele não deixou Walmir “molhar o bico”. Porque se ouvisse o resto da frase, saberia que foi ela quem deu a ordem para as caixas ficarem longe do quarto dele. Mas o funcionário do conde já está com UM olho nela. Seus dias estão contados, mocréia.
  • Delícia quando o conde se declara para Lívia. Tão bacana eles dois. ADORO!
  • Sinceramente não sei como Lívia consegue segurar um segredo desses para o homem da sua vida. Porque muito está em jogo. Ela confia nele, no amor dele, mas na hora H engasga, se atrapalha, mente…. pelo menos ela não abaixo a cabeça e foi embora dessa vez. Olhou nos olhos e disse que nunca duvidasse de seu amor.
  • Ariel, já que mãe e filho precisam se reencontrar (e você atrapalhou da outra vez), pega o rapaz pela mão e leva para o casarão. Brincadeira. Assim você perde seu emprego de vez.
  • “Sempre que me entreguei ao sentimento que sinto por você eu me decepcionei, Lívia. Mas isso não vai mais acontecer. Cansei”. Viu, Lívia, assim não tem amor que resista ao tempo.
  • Dona Neném viveu a vida toda com o doutor. E nunca deu a entender que queria alguma coisa. Agora fica chorando as pitangas? Se quer? Corre atrás.
  • Cigana retada essa, viu? Deu até medo.
  • Que touquinha ridícula é aquela de Roberto? Do jeito que o cabelo é engomado nem precisava. Até no vento o cabelo não saí do lugar. Me lembrou até Steven Seagal.
  • Felícia está mais bem cotada que Bianca.
  • Zilda não entende que é de um abraço de mãe, um carinho que o filho precisa nesse tormento?
  • Não é só Pedro que é louco de ciúmes. Felipe quando o vê cercando Lívia perde as estribeiras.
  • Berenice, volta e puxa o pé de Melissa.
  • O anjo – agora sem assa – é Ariel, mas não é só ele que voa. O pessoal chega tão rápido aos lugares. Em um instante no convento, no outro na casa de Gema, no outro no casarão, na taberna…. eita. A não ser que seja tudo bem pertinho um do outro. O que acho difícil. Então todos já saberiam que Emilia está viva e ajuda um homem barbudo e cabeludo.
  • Eu acho que a velha vai bater as botas quando olhar nos olhos de Emília.

Já estou na contagem regressiva da virada. Não que tenha pressa, afinal já me habituei bem ao ambiente de época, mas estou ansiosa para ver os personagens em seus novos “papéis”.

Foto: TV Globo

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *