Reencontros

E a segunda fase começou para valer. Então – sem mais delongas – vamos aos tópicos dos últimos capítulos.

  • Lívia voltar noiva de Pedro só pode ser castigo por ter se matado.
  • Pedro e Melissa. Voltaram com o amor possessivo. Também é castigo.
  • De arrepiar o abraço entre Gema e Anita. Lindo. Eu acredito nessa sintonia. As vezes conhecemos alguém e algo diferente surge… uma sensação de reconhecimento. Plagiando um pouco a novela. 🙂
  • Não adiantou Ariel com sua falta de fé no amor, boicotar a aproximação entre Lívia e Felipe. Bonito demais eles dois juntos. Um encontro marcado.
  • Fiquei curiosa para saber como é a tatuagem que Pedro tem no peito.
  • Anita é muito linda.
  • Não gostei do cabelo de Rosa. Nem o de Roberto. Ele está mais magro.
  • Demorei um pouco para reconhecer Dr Botelho. 🙂
  • Será que Bernardo irá adoçar o coração de Emília?
  • Achei uma boa idéia os diálogos entre o Mestre e Ariel. Explanando sobre alguns personagens, levantando questões…
  • Sacanagem de Afonso. Numa sala cheia de cadeiras, o rapaz deixou Anita em pé (é bom frisar: de salto alto) durante a reunião. Você já foi mais educado, rapaz.
  • Acho que Bento acredita realmente que pode ajudar a filha a ir para Orlando. Fantasioso, mas sincero.
  • Bento e Vitória, que carma! Essa ligação entre eles é forte. Transcendeu o tempo. Já curiosa para saber o desfecho desses dois.
  • Dorotéia voltou a mesmo. Como é interessante, Bento quando está sóbrio, limpo, procura a ex esposa Rosa. Quando está bêbado, perturbado, procura a mãe de Melissa. Ela representa bem isso. O caos.
  • Se no século XIX Alex se comportasse a mesa daquela forma, levaria uma carraspana da condessa Vitória. kkkk
  • Massimo e Rosa… sabia que aquela visita a cozinha no casarão iria render frutos.
  • Muito bacana Zilda ter voltado uma mãe amorosa e cuidadosa. Bem bolado Severa, Afonso e Felipe serem irmãos.
  • Lívia que é noiva de um ser ciumento, só em tirar uma foto ao lado de Afonso, já é sinal de alerta. Fuja desse relacionamento abusivo, Lívia. A fera será libertada antes do tempo.
  • E Alex com medo do pai morrer? Dele não voltar? O déjà vu da vida passada? Assombroso. Igual a Melissa com a insistente dor no local onde foi ferida. Dores físicas sem explicações. Coisas de outras vidas? Vai saber!?!
  • Gente, que constrangedor o comentário de Severa. Humilhante. Mas, mesmo assim, Vitória não ficou por baixo. “Pelo menos me restam bons pares de sapatos”.
  • E o cabelo de Alex no almoço mais agitado da cidade? Estava parecendo o jornalista dos quadrinhos Tintim. 🙂
  • O “clique” quando acontece, meu  caro Felipe, não tem jeito. Como costumo falar, você terá que bagunçar sua vida para depois arrumar. Mas se prepare. Quando a fera Melissa aflorar, a luta será árdua.
  • Alex não tem carinho pela mãe. Até o olhar é de assustado.
  • Ainda bem que Afonso e Felipe se renderam a uma amizade que estava sufocada no século XIX.
  • Mais uma vez Vitória irá se relacionar com Lívia sem saber que é sua neta? Será que o carinho do passado irá brotar?
  • Vitória continua dura com as palavras. Principalmente com Bento.
  • O ex padre Luís continua no papel de autoridade. Agora como prefeito.
  • Ariel trabalha? Vive no mundo terreno como? Ele não é humano e nem anjo. Está em avaliação, mas precisa comer, ter moradia… como funciona isso, produção?

Agora é esperar alguns reencontros. E o mais esperado entre Raul e Gema. coração

Foto: TV Globo

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *