Só em outra vida

Ciúmes não é coisa de Deus, e partindo disso, já se tem uma idéia que Pedro fará alguma bobagem. Ele só enxerga um único motivo para Lívia permanecer no casarão. Conde Felipe. Então o que ele faz? Invade o quarto dela, chantageia, ameaça, coloca dedo na cara… e ela o que faz? Deixa ele a abraçar depois de tudo isso. É muito pateta. E mais uma vez o “destino” deu munição para Melissa. Ela que não é trouxa já usou isso ao seu favor. Contou para o conde. Claro com um Q a mais no estilo #soumáedaí?. Como conseqüência, eles devem se desentender – novamente – por ruídos externos. Não adianta o amor e nem saber que por eles estariam juntos; se surgiu uma conversa enviesada é encrenca na certa.

Mas nem só de Lívia, conde, Melissa e Pedro viveram esses três últimos capítulos. O que foi aquela conversa entre Bento e a condessa?! Pensei dela sentar na cama de tão acuada ou, pior, acabasse pegando fogo por causa das mil velas que estavam atrás dela. Mas sério, mesmo sendo ameaçada daquele jeito, ela ficou firme. Sustentou o olhar. Mas se abalou realmente com a atitude do ex capanga em se castigar por causa do tiro. Avaliando esse bafafa feito para separar Allegra e Bernardo, ninguém saiu feliz ou satisfeito. Essa história só teve desgraça. Custava deixar o filho viver o amor da vida dele? Quem sabe até ela não interferindo ele se desencantasse e seguisse outro caminho. Ou melhor, ela se afeiçoasse pela jovem Allegra e a tivesse como uma filha. E mais no futuro teria a oportunidade de acompanhar o crescimento da neta Lívia. Mas assim não teria novela, neh?

Bem, vamos aos tópicos porque teve muita coisa boa.

  • Ôô que dó de Anita. Mas eu acredito que Gema vá apoiar a filha. Já o irmão ogro provavelmente irá desqualifica-la. Anita, não fique triste. As pessoas podem falar, te julgar, mas quando vc pegar seu filho no colo… tudo vai melhorar. 🙂
  • Estava na expectativa entre  a conversa de Livia com a avó, mas acabei me desapontando. Pelo menos ela foi meiga e falou mais do que em toda a novela sobre Bernardo com alguém. O finalzinho foi fofo: “minha menina”.
  • Não vou mentir que fico tensa quando a condessa está tão boazinha. Sempre acho que ela vai virar a casaca e sair metralhando todo mundo.
  • Pedro é um ser desprezível. Do tipo que não se deve nem dar ouvidos, mas uma coisa que ele disse é verdade. As pessoas estão se comportando como Deus nas histórias dos outros. Quem deve decidir não querer ver a mãe é Bernardo. Essa discusso: “assim é melhor para ele” já deu. Me fez até lembrar um capítulo da novela Sete Vidas, onde Lígia escalda a amiga por ela ter escondido que Miguel estava vivo. Ou seja, ela decidiu pela amiga para “protege-la” de uma desilusão/sofrimento/frustração. Mas não levou em conta que essa é uma decisão pessoal e intransferível.
  • Que lindo Chico pedindo Felícia em casamento. Melhor ainda ela falando a mesa sobre o assunto com a família. Essa inocência de uma criança que dá um tom especial a vida.
  • Pelo jeito Felipe está mesmo no speed de agir. Foi tirar pergunta com Pedro, intimou Lívia a dar o sinal verde, conversou com o filho… boas mudanças.
  • Será que nessa encarnação ainda Massimo verá a esposa sem camisola?
  • Rita voltou por cima da carne seca. Agora é descobrir em Walmir o verdadeiro amor (será?).
  • Carola não disse pra que veio, neh? Pensei que ela teria uma participação maior. Ainda mais que teve uma fase que ela dava em cima de Pedro.
  • Todo esperto pensa que o mundo inteiro é bobo. É aí que Roberto vai se dar mal. Massimo vai acabar com ele.
  • Severa e Afonso. Será que desse mato sai coelho? Ou será que Afonso vai assumir Anita e o bebê? Ainda estou achando ela uma forte candidata ao suicídio.
  • A macaca está solta para lodo de Bento. Apanhando por todos os lados. Até – Obaa – Raul deu um soco bem dado nele. Mas é claro que ele não poderia deixar barato. E foi fofocar com Pedro. Ele já está pondo sua vingancinha contra a condessa em prática. Contar para Dorotéia sobre Bernardo. Mas será que ele vai contar TUDO? E o que exatamente a mãe de Melissa fará com essa informação? Doida para descobrir.
  • Se hoje em dia relacionamento intre-racial gera em alguns lugares desconforto, imagina naquela época? Raul e Gema vão ter que ser fortes.
  • E a colheita de Ariel começou. Perdeu o poder de cura e de se mover entre espaço e tempo. Apesar do mestre dizer que não, isso é punição.
  • Em alguns momentos acho Lívia bem pamonha. Ainda mais quando o assunto é Pedro, mas uma coisas é certo, ela é forte feito a mãe. Porque é uma loucura o que ela está vivendo. Muitos sentimentos envolvidos. Carinho, medo,  magoa… e ainda ter que conviver com Melissa, Pedro, experimentar vestido de noiva, ver a amiga numa situação preocupante…. Aff! Quanta coisa.
  • Eu pensando que a condessa iria ver o sinal de Lívia… apesar que eu desconfio que Vitória já saiba que ela é sua neta.
  • Esse jeito eufórico de Melissa é tão ir-ri-tan-te (ter que ler essa palavra imitando ela. Travando os dentes, gesticulando e sacudindo a cabeça).
  • Pra quem está se escondendo, até que Emília e Bernardo estão bem a vontades. Ainda bem que quem entrou na casa foi Pedro. E não Walmir, Rita com Felícia… ou pior, uma visitinha surpresa de Bento.
  • Será que Bento vai continuar sua busca por Bernardo?
  • Pelo jeito José é filho do traste mesmo, neh?
  • A condessa mudou de verdade. Ela tratou Raul de forma digna. Perguntou até se ele estava melhor. Quanta mudança.
  • Primeiro contato entre Lívia e Alex. Pelo jeito o garoto gostou da futura mamãe. Pela que essa fase não terá um final feliz. Todos tristes e alguns até mortos.
  • Para você que está perdido. Convescote é piquenique mesmo. 🙂

Agora é aguardar os próximos capítulos. A mudança de fase está próxima. Já estou com saudade dessas roupas volumosas, a fala rebuscada….

Foto: TV Globo

 

 

 

 

Na ponta da espada

Como o mundo está girando mais rápido (é como me sinto), vamos direto aos tópicos:

  • Gente do céu, o mantra para não gostar da Condessa Vitória não está ajudando. Também, neh? Ela resolveu amolecer o coração. Tratando bem até os criados. Assim complica.
  • Essa veemência da condessa em querer ver Lívia com o vestido de noiva não vai dar o que preste. Ela vai acabar vendo o sinal. Ai ai aiii
  • Ufa! Pelo menos Lívia se tocou que Melissa não é esse anjinho de candura que aparenta ser. Agora é ficar atenta e não se sentir culpada por amar e dar uns beijinhos no conde.
  • Sinceramente eu não entendo porque Lívia está dando tantas oportunidades a Pedro. “O pouco que ainda resta da nossa amizade”? Tá doida, mulher! Além de ter tentado te agarrar, ele te chantageia e ameaça a todo momento. Teve a audácia de entrar no salão na frente de todos só para te intimidar. Se ela não tomar uma atitude vai se dar mal. Quem sabe contar com o apoio do conde? Ele anda desconfiado que o seu valet de chambre a intimida de alguma forma. Ô, doce menina, está esperando o que? Melissa envenenar o conde contra vc ou que Pedro faça o que anda prometendo?
  • Bento anda sem moral mesmo. Foi dar uma de fofoqueiro – coisa inclusive que ele adora – e tomou mais um passa fora da condessa. Rosa teve mais uma chance de continuar no casarão, e graças ao conde Felipe terá uma casinha para ficar com seu rebento por perto. Só não gostei da forma que ela ficou quando comentou sobre o pai de José. Pelo jeito é Bento mesmo.
  • Se no céu existir justa causa Ariel está ferrado. Ultrapassou todos os limites para ajudar o casal, mas até agora não conseguiu que Emília se quer cogitasse a possibilidade de perdoar a sogra. Será que essa interferência irá gerar desencontros mais a frente? Quando ele salvou Bernardo no casebre, achei horrível ele ter deixado Raul. Mas no final das contas foi o melhor para ele. Acho que esse momento e seu desfecho diz muita coisa.
  • Massimo não é bobo. Já pintou todo o cenário com esse interesse de Roberto na filha. Agora é ficar de olho para que esse gatuno não lhe roube.
  • Por mais que Anita sofra, espero que Roberto se revele como é realmente. Porque dessa forma não se prolonga tanto sofrimento. Aí que ódio estou desse… desse… nem sei do que chama-lo.
  • Só em novela mesmo um ser igual a Bento vai se deixar intimidar por um simples cocheiro, ao ponto de não adentrar numa gruta secreta atrás de uma “presa” tão valioso. Oxê!? No mundo real ele teria jogado Ariel em cima das velas e da santa e seguido o seu caminho.
  • Ôô eu já disse que sou fã de Gema e Raul? Já. Não custa registrar de novo. 🙂
  • Tô bege com a relação da condessa com Lívia. Acho que depois de tanto tempo foi o mais próximo de amor que ela já sentiu. O olhar, o carinho nas palavras, os protocolos quebrados… essa mudança não é só fragilidade ou velhice; o nome disso é “sangue”. Que por mais que as pessoas pensem que não significa nada, tem um valor forte. Adoro essas ironias da vida.
  • Quem está achando um tédio Melissa se preocupar tanto com o casamento de Lívia levante a mão. \o
  • Será que a condessa terá coragem de contar o segredo que ronda a história do seu filho Bernardo para Lívia?
  • No final das contas, Bernardo é irmão de Roberto e Melissa? Um bastardo? Espero uma explicação melhor desse babado no passado da condessa.
  • Não adiantou Dorotéia aconselhar Melissa a não questionar Severa sobre o diário. Já já a preceptora juntará os pontos. E eu já li no “Vem por aí”… olha o  SPOILER…………… que o diário está com Alex. Ahhh menino danado. Será que o conde vai comentar alguma coisa com o filho? Se tivessem o hábito de conversar abertamente, talvez não precisasse de tantos capítulos para se encontrar essas páginas tão preciosas.
  • Fiquei arrepiada e eufórica quando Felipe olhou nos olhos de Pedro e disse: “eu sempre soube que foi você quem deu a espada para Roberto naquela outra luta”. Amo esse conde (amores, só na ficção, viu? 🙂 ).
  • Essa atitude de Felipe pode ser um novo caminho que o personagem vá trilhar. Espero que seja realmente uma mudança. Ser menos observador e ser mais agir.
  • Tão fofo Lívia admitindo que se afeiçoou a vovó má.
  • Coragem a de Lívia perguntar na cara da condessa sobre Bernardo. Será que a vovó vai pular da cama e rodar a baiana?
  • Com exceção de Roberto e talvez Bento, os homens dessa época são bem contidos no quesito sexo, neh? Afonso, Raul, Felipe…por exemplo, ficam de boa sem um chamego. Calmos e serenos. kkkkk
  • Ainda bem que Lívia não fica mais tão pilhada com as atitudes da mãe. Porque quando Allegra quer… fica bem descompensada.

Agora é esperar o desenrolar de algumas ações desses três últimos capítulos. A conversa da condessa com Lívia, a cara de Pedro depois do jogo de esgrima, Rosa e José indo morar no casarão, Ariel depois da conversa com o mestre… e muito mais.

Foto: TV Globo

O amor acima da razão

Severa tem coração, meu povo. E pelo jeito agora ele se desmanchou de vez. O olhar dela para Alex não será mais o mesmo. Ele não será mais a criança insuportável que ela tem que aturar. Ele será o filho da mulher que morreu em seus braços. E não apenas ela que deverá ter uma atitude diferente com ele. O conde também deve rever suas atitudes com o filho. Porque se antes Alex era a dúvida, agora é o injustiçado. E estou na torcida que Felipe leve a cabo essa história do diário e só sossegue quando encontrar. Deve conter informações sobre a mocréia Melissa.

Por falar nela, ô gente, que bom vê essa víborazinha se dando mal. Não adiantou nada ela quase deixar a condessa em coma com as trocas dos remédios. E ainda teve que passar recibo com Felipe defendendo com afinco Lívia. Mas o melhor foi a cara de Oi?! que ela fez quando surgiu a ligação entre Severa e Berenice.  E o melhor, a preceptora que não é besta, se fez de atordoada e depois puxou o tapete. Boa, Severa, ganhou muitos pontos comigo. kkkk

Agora é esperar que o conde não se deixe levar pela língua de cobra da noiva e encontre o diário.

Até lá vamos aos tópicos:

  • Ô que dó de Rita. Faz tão bem a Felícia e ainda cuida da casa, mesmo assim Salomé não teve pena. Pelo menos Zilda – quem diria – anda coração mole e aceitou ela mesmo depois que gordinho saiu zanzando pela sala. Quem ficou feliz com a nova contratação foi Walmir. Será que desse mato sai coelho? Ou porquinho?
  • Lívia, minha filha, não tem esse papo “se” eu me aperfeiçoar. Vc “já” se aperfeiçoou. E ainda com marca registrada. Será que a condessa vai ver o sinal?
  • Torço para alguns casais darem certo na novela, mas no topo da lista está Raul e Gema. \o/
  • Triste demais ver Roberto iludindo Anita dessa forma. Jeito mais baixo de levar uma mulher para cama. Nojo desse cara.
  • Tenho que ficar com o mantra “Vitória é má. Vitória é má” na cabeça para não amar a personagem. Ela é muito engraçada. E agora mais do que nunca com essa implicando com Zilda. 🙂
  • Anjo também sofre. Ariel que o diga.
  • Não é possível que Lívia ainda ache Melissa boazinha. A ruindade transpira pelos poros.
  • Roberto vai roubar – literalmente – o tesouro de Massimo? É isso? Não quer herdar a riqueza dele? Cada dia com mais repulsa por esse ser.
  • Bianca gosta mesmo é de Pérsio. E ele dela. Ô, Rita, segue seu caminho.
  • Padre Luís sabe é de coisa, viu?
  • O que foi aquele encontro entre Rosa e Bento? Pelo menos ela disse que o filho não era dele. Mas será? Ainda bem que ela falou com dona Neném. Agora é torcer para que ela fique caladinha.
  • Que lindo Lívia e Felipe. Amor. Amor. Amor. Pena que nesse clima gostoso o flagra foi dado. Agora é esperar para ver a reação da nojentinha.

O jeito é ficar na torcida para que Lívia tenha coragem e conte para Felipe toda a verdade. Para que juntos tentem resolver esse babado. 🙂

Viajando na história

Adoro deduzir desfechos em novela, dar palpites do que virá pela frente, então não seria diferente agora. Pensando na reencarnação, achei que a autora poderia colocar um personagem que cometesse o Anita_Roberto_Mentirasuicídio. Cheguei a pensar que poderia ser Melissa. Já que ela comentou que o faria se o conde não cassasse com ela, mas observando a forma cafajeste que Roberto tem tratado a doce Anita, acho que ela seria uma forte candidata caso tivesse um “representante” com essa carga ao reencarnar. Deixando o meu devaneio fluir, será que uma pessoa que prejudicou tanto a outra – ao ponto dela se matar – também levaria para uma outra vida essa culpa? Não sou espirita e não tenho conhecimento para me aprofundar nesse assunto, mas conjecturando aqui com meus botões pensei sobre isso. E cá entre nós, Letícia Persiles trabalharia melhor um personagem mais complexo.

Foto: TV Globo

É o universo que conspira contra?!

Ver Lívia se complicando com essa história de ser noiva de Pedro só me faz pensar como às vezes nós mesmos atrapalhamos nossas vidas. Para que sustentar essa mentira? Não tem nenhuma vantagem para ela. Colocar ciúmes no conde? Se ela mesma acredita que ele é um cafajeste, mulherengo e engana a noiva; e teoricamente não liga para ela. Para se sentir protegida? Ela mesma afirma a quatro ventos que sabe muito bem se defender. Sem contar que Lívia sabe que Pedro a ama, que já passou do limite, mas mesmo assim se envereda nessa armação que não terá um final feliz.

Mas vamos aos tópicos porque hoje tem muito o que falar:

  • Ô que dó estou de Anita. Tão apaixonada. E pior, achando que é correspondida. Esse Roberto é um mau-caráter. Sujo igual a irmã. Essa é outra que vai vir na próxima fase para pagar com juros o que tem feito. A começar por iludir tanto Alex. E pelo visto ela não só tem a ver com a história da mãe dele trair Felipe como deve ter o dedo metido na morte dela.
  • Eu ainda não captei porque tanta tensão quando Felipe e Roberto jogam esgrima. Convidar o outro a praticar é tipo um desafio grave? E pra que diabos Roberto do nada comenta sobre Bernardete? Ficou meio forçada a cena. Ainda mais que – apesar do conde não aprovar as brincadeiras/estilo de vida do ex cunhado – nunca demonstraram inimizades.
  • Gente, e as mudas francesas? Pior que tem muita gente igual a Salomé que entende o que quer. kkkk
  • Irene Ravache é o máximo.
  • Emília tem um jeitão de maluca. E a atitude dela diante a filha só me comprovou isso. Ela adora uma chantagem emocional. Pega pesado mesmo. Não foi a toa que falou para Lívia que se ela fosse para o casarão não a consideraria mais como filha, mas mesmo sozinha, sem nenhum ser vivo por perto ela reafirmar isso?! “Agora somos só eu e vc (no caso Bernardo)”, disse ela. Essa mulher não bate bem da cachola. É intempestiva, não considera ninguém… a pobre Gema ficou desolada com o sumiço dela. Apesar que estava sendo bem consolada. Eita que esse é um beijo que estou ansiosa que aconteça. Pedro vai morrer maduro quando souber que a mãe e Raul estão nutrindo um sentimento genuíno um pelo outro.
  • Por falar nesse ser desprezível, já vi tudo. Ele vai mesmo matar o conde com uma espada. Só pode, neh? Nessa ânsia de aprender esgrima. E como uma única pessoa pode destilar tanta dúvida, raiva… sem nem pensar duas vezes.
  • Outra que segue essa linha de disseminar discórdia é Severa. Além de ser ruim para Alex, ela leva para toda a casa seu veneno. Mesmo gostando de Afonso, ela sentiu prazer em falar de Anita para magoa-lo. Essa tem que pagar dobrado.
  • Felipe comprou as terras por que é bonzinho e não se perdoaria por ter “contaminado” as terras de Sr. Genaro ou de forma inconsciente ele sabe que tem que ficar?
  • Será que Bento é filho da condessa? Vou amadurecer melhor essa hipótese.
  • Uma coisa Melissa tem razão. Se Dorotéia usar o trunfo contra Vitória de forma leviana, elas serão execradas. E não adianta a mãe plebéia está tendo um caso com Bento. Ele é fiel a condessa. E só.
  • Lívia não chamou apenas a atenção dos homens da mansão Castellini. A de Melissa também. Para ela juntar os pontos vai bastar ver o conde e a ex noviça no mesmo ambiente.
  • Se um velho senhor chegasse com um cajado na mão na porta da minha casa; e dissesse para eu perdoar a mulher que me fez sofre, eu perdoaria na hora. 🙂
  • Ainda bem que Vitória flagrou Lívia agachada perto da cama; porque assim é mais fácil arranjar desculpa. Pior se fosse abrindo as gavetas. Ela deve se safar bem. Quem não vai gostar nadica disso é Zilda. Que pelo jeito está com a língua coçando para demitir a moça.
  • O intuito de Dorotéia ir até o túmulo é saber a localização? Porque se ela está pensando em arrancar algo de Bento… vai se dar mal. No máximo vai conseguir uns amassos.
  • Quem ficou com vontade de comer TODOS os doces de dona Gema levanta a mão. \o
  • Realmente Emília deixou a Alegra cantante no passado. Daquele bandolim não saí nada. 🙂

Estou me bulindo para ler o que vem pela frente, mas desde Sete Vidas tento não antecipar (salvo algumas exceções) os acontecimentos para não interferir no texto; mas confesso que está sendo um sacrifício terrível.  Ainda mais que estou ansiosa para saber o que vai rolar nessa festa.

Isso chamou minha atenção

Cara sujaSó porque a pessoa está desmemoriada não precisa ficar com a cara tão suja, neh? Ainda mais depois de entrar num lago. Que vontade de pegar uma bucha e esfregar em Bernardo.

Foto: TV Globo

 

Caça a Bernardo

Gostaria muito de poder escrever num intervalo mais curto, mas infelizmente não é possível. Então, vou “vivendo” de maratonas Além do Tempo e postando quando dá 🙂 #desculpaaí

Vamos aos tópicos dos últimos quatro capítulos.

  • PQP! Essa condessa Castellini é mais suja do que o corrimão da Lapa. A pena dessa mulher na próxima vida tem que ser de tirar o fôlego. Ela já paga uma penitência diária que é a dor por Bernardo, mas é muito pouco. E quando ela souber que Emília está viva… saí de baixo. Bento terá muito serviço para fazer. Esse é outro que arrepia a alma. Não vou mentir que quando Bernardo apertou o pescoço dele pensei: Ufa! Menos um. kkkk
  • Lívia descobriu que a avó sabia que o filho não estava no caixão. Agora, o que fazer com essa informação?
  • Enfim o padre Luís mostrou porque andava tão nervoso e angustiado. Ele sabe da meia história da condessa. O que não quer dizer que seja cúmplice ou mau-caráter. No final das contas, ele está atrelado a essa balbúrdia por conta do hábito. Afinal, segundo ele mesmo, segredo de confissão é perpétuo. É inviolável. E um VIVA! para o padre por ter desconcertado a megera.
  • Melissa é um porre.
  • Que dó de Anita. Pelo cenário que está se montando, orientado pela irmã, Roberto vai deitar e rolar com os sentimentos dela. E espero que esse amor por ele não a cegue totalmente. Porque o interesse dele por Lívia pode virar um problema na relação das duas amigas.
  • Xiii esse negócio de esgrima não está me cheirando bem. Será que é dessa forma que a vida de Felipe terá um fim? Pelas mãos de Pedro. Aí que nervoso.
  • Pedro é um escroto; pobre dona Gema.
  • Não vejo como o plano de Lívia dar certo. Se infiltrar na casa para descobrir algo? Ouvindo atrás das portas? É assim? Porque pelo que mostrou, o trabalho temporário é para cozinha, no máximo servir no dia da festa. Vamos ver no que vai dar. O importante é ela não ficar parada comendo mosca ou ajoelhada rezando para Deus.
  • Massimo poderia incluir na negociação com Salomé ver ela sem camisola (já que é o sonho dele). Mas ele é um gentleman. Ponto para ele. 🙂
  • Até eu acreditei que a condessa poderia ser boazinha por ter tratado tão bem Felícia e Rita. Ô velha danada. E mesmo depois de quinhentos mil anos trabalhando para ela, Zilda ainda faz cara de espanto. Sabe de nada, inocente.
  • Uma notícia boa nessa novela MEU DEUS. Afonso foi reconhecido. Pena que no mesmo dia levou toco de Anita. Mas ele está seguindo em frente. Mesmo com o coração apertado. Tadinho.
  • Dona Neném levou um bota fora de Dorotéia. Mas quem não chora não mama. E espero que ela vá deslumbrante a festa. E de lambuja ainda conquiste o coração de Dr Botelho.
  • Mesmo sendo espezinhado Raul passa uma segurança mo olhar. Como se fosse inabalável. Gente, ter a vida que ele tem não é mole. É dureza.
  • O que foi aquele encontro entre Felipe e Lívia no armazém? Fiquem aí com besteira. Tratem de se entenderem logo. Uma coisa é fato: o tempo é implacável.
  • Pelo menos Felipe vai tentar mais uma aproximação. Será que ela não vai aproveitar e comentar algo mais claro sobre Melissa?
  • E as buscas começaram. Espero que não encontrem nem o desmemoriado e nem as rosas dele. Ariel vai ter que agir.
  • A pamonha da Lívia vai confirmar que é noiva, neh? Tá na cara. Tédio total.
  • Eu já deixei registrado aqui que o conde é um arraso? Não? Então anota aí: o conde é uma arraso. 🙂

Já tem mais de um mês de novela. Teoricamente serão uns dois, três meses essa primeira fase. Estou ansiosa para saber como a passagem de tempo será feita. E como os personagem virão. Agora só me resta esperar.

Foto: Marcele Bessa

 

 

 

 

Ao pó retorna… pedras?!

Se a novela andava morna, esses últimos capítulos pegaram fogo. Quanta tensão e emoção. Vamos direto aos tópicos. Não custa sinalizar que cronologia não é meu forte. 🙂

  • Agora está comprovado. Bernardo está a solta por aí. Pelo menos Emília não vai ser taxada de maluca pelos que a cercam. Mas cá entre nós, ela age de vez enquando como uma lelé da cuca mesmo. Até eu que sabia que Bernardo estava vivo ficava com a pulga atrás da orelha quando o assunto era a sanidade dela. Ainda mais quando ela falava agitada, consertava nervosamente o xale e tinha idéias estapafúrdias.  🙂
  • Arrepia todos os meus pêlos quando vejo Bento. Afff que homem horrível. E ele indo intimar Raul. Que ódio. Como disse dona Gema, foi Deus que segurou sua mão, Sr. Raul. Porque só essa explicação para você não ter estrangulado esse capataz.
  • “Eu já fui escravo. Hoje sou livre. Não vou me escravizar de novo”, o pior é saber que esse relato de Raul exemplifica uma realidade. Pessoas que foram humilhadas e violentadas por causa da cor da pele. No contra ponto, tem dona Gema; que é o exemplo que com bondade, respeito, carinho e atenção se pode tirar o amargor do coração de alguém.
  • Será que Padre Luís sabe mais do que aparenta?
  • Só eu dei um pinote quando Lívia pegou no braço da mãe para contar sobre a cruz? 🙂
  •  Não suporto Melissa. Mas até que ela fica menos nojenta quando implica com Severa e Zilda. Na verdade, esse efeito dominó na novela acaba tendo um lado positivo. Porque as pessoas que não prestam, de uma certa forma tem um retorno rápido da humilhação que acabou de fazer. Claro que nos casos corriqueiros.
  • A condessa é má. É má. É má. Nem parece ter coração. Mas o sofrimento é real. É carnal.
  • Adoro Anita. Ela tinha que se apaixonar, ou melhor, amar Roberto?! O rapaz nem olhou para ela direito. Ô gente, espero que a pequena não sofra tanto.
  • O irmão galanteador de Melissa, de alguma forma trouxe frescor para a condessa.
  • Agora, só falta ele amar de verdade Lívia.
  • Tudo bem que Lívia e Gema tenham ficado assustadas com essa história  de mexer em túmulo; mas bem que elas poderiam ter dado uma ajudinha para Emília. Pelo menos na primeira etapa. Que foi quebrar a tampa. Ainda bem que o anjo bom apareceu. Porque caso contrário, não teria milagre que desse conta pra manter ela de pé. kkk
  • Salomé, Salomé, você vai perder o marido de vez. Toma logo esse Elixir; O efeito será imediato. Mais eficaz que muita coisa que vimos por aí. Como, por exemplo, os tão conhecidos cartazes: trago o amado em 10 dias.
  • Poucos são os personagem que estão no compasso do amor; o que não quer dizer necessariamente que vão ficar juntos. Mas a maioria está num desencontro danado. Carola gosta de Pedro. Pedro gosta de Lívia. Walmir gosta de Rita. Rita gosta de Pérsio. Severa gosta de Afonso. Afonso gosta de Anita. Anita gosta de Roberto… eita que é muito desencontro.
  • E Bernardo deu as caras. E pelo visto Ariel está cuidado dele também. Espero que ele consiga unir Emília e Bernardo nessa vida ainda. Eles merecem.
  • As crianças dessa novela vão precisar de terapia quando forem adultos.
  • Conde Felipe está sendo frouxo ao desistir das terras de Genaro. Ele ficou apaixonado pelas terras, pela idéia de produzir vinho… recebeu um “não” e desiste de tudo? Até mesmo de Lívia? Ô, rapaz, ela não é o amor de sua vida? Ou melhor, de outras vidas? Então, lute, finque raízes e siga seu plano. Simples assim.
  • Porque Pedro tem que ser do mau, neh?
  • É, dona Gema, você aí achando que suas pernas nunca mais tremeriam tanto quanto no dia que viu o caixão cheio de pedras, não imaginava que veria Sr. Raul sem camisa. Agora vai ser difícil deixar ele ir, neh, meu bem?!
  • Ver Lívia e a mãe abraçadinhas na cama papeando deu uma vontade de ir correndo na casa da minha e me aninhar nos braços dela. Depois que crescemos perdemos bons hábitos.

Isso chamou minha atenção

Felipe vê EmíliaNão achei nada bom o conde ter visto o rosto da mãe de Lívia. Ele pode muito bem comentar algo com a condessa. Mas a essa altura acho que Emília já ligou o [email protected]#¢£-se.

Foto: TV Globo

 

 

Melissa, Bento… e a lista só cresce

Ainda não consegui terminar minha maratona Além do Tempo, mas o que vi até agora está me angustiando.

Que ódio de Melissa. Toda cheio de mimimi com a madrinha, toma aquela patada e desconta tudo em Carola? Esse efeito dominó dessa novela me deixa tensa. Já fico na expectativa… xiii Melissa tomou na cara. Em quem ela irá descontar?

Tão certo assim. Agora, é porque vivemos em outros tempos, mas hoje em dia é difícil alguém engolir um sapo desse, viu? Que horrível dever ser, trabalhar em um lugar onde não se tem um suporte de ninguém? Principalmente do seu chefe direto. Que te trata como um objeto descartável e sem nenhum valor. Apesar, que pensando bem, em algum lugar pode sim ter alguém que passe pelas mais duras atrocidades num emprego. Triste pensar isso.

Bem, mas voltando, quando Melissa entrou na cozinha falando do vestido me deu uma vontade de puxar o cabelo dela e borrar toda aquela maquiagem impecável. Ahhh como eu vou rir quando ela souber que o amor da vida de Felipe é uma “selvagem” no estilo princesa Merida.

Outro ponto que me deu nos nervos foi Bento com Chico. Que homem asqueroso. Que vontade me deu de pegar Chico no colo e levar ele para o pai. O pai. Raul era sinônimo de desespero… e o modo como Salomé falou com ele? Sem nenhuma compreensão. Cega pelo racismo. Gente, tem que ter sangue frio e equilíbrio para não voar no pescoço de um. E depois ficou tentando se fazer de “boa gente” na frente do Conde. Estou querendo que se passe logo esses 150 anos para ver esse povo ruim pagar por tudo; mas confesso que minha esperança é que comecem a pagar no tempo em que vivem fazendo suas maldades.

Esse post foi só um desabafo. Preciso finalizar a maratona (que deve ser amanhã para incluir o capítulo de hoje) para ir aos tópicos. Como eu queria ter mais tempo para me dedicar a novela e ao blog. 🙂

Foto: TV Globo

Sementes estão sendo plantadas

Esses três últimos capítulos foram mornos. Uma coisa aqui, outra ali que deram um up.

Vamos aos tópicos para explanar melhor.

  • Uma amiga comentou e eu concordo com ela. Quando Paolla Oliveira faz uma cena de chilique, ela dá conta. Mesmo assim não é nada huhuuu, mas dá para ver que está possessa por algum motivo. Por falar nisso, Melissa levou o maior sabão da madrinha. E a mãe como sempre debochando e avacalhando.
  • Dorotéia ainda não viu do que Felícia é capaz. Aquela aula tediosa de piano não terá futuro pelo visto.
  • E Raul dizendo para Gema que recusaria o convite da Condessa?! Acho que quando ele saiu da sala ela deu vários pulos e fez aquelas dancinhas ridículas de comemoração. kkk Ahhh que delícia esses dois. Já rolou clima mais intenso. Inclusive quando eles ficaram bem pertinho gritei de cá: beija, beija…. 🙂
  • Mas essa Lívia é danada. Negócio de ir atrás que nada. Depois de ter implorado pela ajuda do conde, sentou foi no colo dele para pegar carona. Toda provocante essa ex noviça.  Agora não entendo, já que ela estava disposta a mudar tudo por ele, mas ficou desapontada com o que Anita disse, porque não joga toda a história na cara dele? Ouve o que ele tem a dizer. Pelo jeito o benefício da dúvida não existia naquela época.
  • Ainda não entendi qual é a de Rosa. Esse segredo dela tem a ver com essa paixão do passado? Ou era Bento a paixão dela? Que homem horrível. Além de mal, ele gosta de futrico. Mas pelo menos Afonso deu um soco na cara dele. O pior que Anita ficou mais encrencada. Ela deveria ir embora. Se ainda tivesse um motivo para ficar. Por exemplo, se amasse Afonso. O que é uma pena ela não amar; porque além de ser um rapaz bacana, ele gosta muito dela.
  • “Mãe, eu não quero ter um marido rico. Quero ter um marido engraçado, bondoso igual ao seu marido”, isso aí Felícia, abre os olhos de Salomé.
  • Pronto! Pedro já se deu conta que sua doce obsessão é rica. E vai infernizar a vida dela para que reclame seus direitos.
  • Fico cá pensando com meus botões, qual é o sacrifício de tratar com carinho e amor uma criança? Melissa fica toda boazinha na frente do ex enteado, mas depois fica confabulando com a mãe que irá mandar o menino para longe. Coisa triste.
  • O povo só vive falando em Deus na novela, mas é aparecer um pobre coitado com roupas esfarrapadas para ser julgado de vagabundo. Cadê o amor ao próximo?
  • É difícil mesmo aceitar que Bernardo esteja vivo, mas que já tem material para deixar um pulga atrás da orelha isso tem. No mínimo para desconfiar que alguma coisa está errada.
  • Padre Luís é outro que aparece sempre na hora certa. De manhã cedo ou de madrugada… não tem hora para um servo do senhor. 🙂
  • Espero que Emília tocando bandolim não seja tão brochante quanto Melissa tocando piano.
  • Gente, Vitória é muito má. Acho que ela morre de inveja de Zilda. Porque a governanta tem o filho amado ao lado dela. Por isso, o que a condessa poder fazer para espezinhar o rapaz e atingir a mãe ela fará.
  • Meu coração gelou quando Bento ficou convencendo Chico a entrar na carroça. Depois que se tem filho tanta coisa muda. Que angustia MEU DEUS. Será que ele vai maltratar o menino? Deve ser só um susto, neh? Para Raul voltar.
  • Lívia entrar mata a dentro atrás do homem misterioso já não foi lá um plano bem pensado; agora, fazer isso durante uma tempestade…. isso já foi burrice mesmo.
Foto: Fábio Rocha

Isso chamou minha atenção

Em Sete Vidas eu me incomodava com os nomes dos personagens. Cheguei a escrever sobre isso. Era como se nome e personagem não se completassem. Nessa novela estou tendo essa mesma sensação, mas dessa vez com as músicas.  São tão desarmoniosas com as cenas. Às vezes fico com vontade de colocar no mudo e olhar só as ” figuras”.

Universo conspirando contra

Com minha vida cheia de contra tempo estou escrevendo menos que gostaria, mas nada que uma maratona Além do Tempo não resolva. Então vamos aos tópicos.

  • Mesmo que o Papa me dissesse que Felipe está me iludindo eu iria pagar pra ver. Ainda mais acreditando nas palavras e no olhar dele. O pobre conde ficou desolado depois que a ex noviça deu um passa fora nele. Já vi que esse amor só será vivido depois de 150 anos.
  • Não adiantou Felipe falar dos seus sentimentos por Lívia com o Padre Luís. Parece que nessa época o amor não tinha muito cartaz. Como disse a condessa: “amor? Você conhece algum relacionamento baseado em amor?”. É o amor está sem credibilidade.
  • Apaixonada por Irene Ravache no papel da Condessa Vitória.
  • E Melissa se fingindo de coitada? Até que a condessa tem bastante paciência com ela. Deve ter algum babado nessa história dela com o pai da chatinha. Algo além da promessa feita no leito de morte. Dorotéia que está se revelando uma comediante. E nada sensível com a situação da filha. E ainda para piorar, o filho falido se juntará a trupe. Vamos ver no que vai dar.
  • Melissa já falou em se matar. Será que ela vai ser uma reencarnada depois do suicídio? Seria bacana ter um personagem com uma carga dessa. Pena que a interpretação…
  • Gente, quem tem um anjo feito Ariel está bem guardado. Ele é onipresente e não mede esforços para ajudar Emília e a filha. Será que o objetivo dele é promover o reencontro entre ela e Bernardo? E será que ele também tem como missão ajudar o conde e a amada? Quantas questões. 🙂
  • Anita tinha que ver Melissa se jogando nos braços do conde, neh? Agora, os empregados julgam muito mal ele. Mimado, arrogante… não vi nada que remetesse a isso. Fora a indiferença com o filho, ele é bem discreto e respeitoso.
  • Inclusive ele teve uma conversa bacana com o menino. Mas bastou falar em Berenice para ele se incomodar.
  • Por que diabos Emília NUNCA – nesses milhões de anos em Campobello – foi a antiga casa que morou? E por que ela não foi morar lá quando retornou? E quando visitou a casa não viu a grande cobra que a condessa matou? Nem sentiu o mal cheiro? Até o bandolim estava perdido por lá. Deve ser num lugar bem isolado. Vá hoje em dia deixar um terreno abandonado por muito tempo para ver o que acontece.
  • Pedro a cada dia mostra mais as suas garras. Racista que é bateu de frente com Raul. Que por sua vez não deixou barato. O filho de Gema deve dar o troco. Vai aprontar alguma. Ele é muito ruim e vingativo. E encabeçando a sua lista tem Felipe. Espero que ele não consiga a vaga de valet de chambre; porque como jardineiro ele já contamina a todos com suas intrigas contra o conde, imagina convivendo de perto.  Pior que ele acredita de verdade que o rapaz é um mau-caráter.
  • Gema teve uma postura firme e acertada com as baboseiras que Pedro falou sobre Raul. Foi contra o filho acreditando em algo nobre. Que todos somos iguais. Será decepcionante quando ela descobrir que o filho é uma pessoal má. Coitada.
  • Uma coisa é certa, Felipe não tem medo da tia-avó.
  • Ô e Massimo sendo singelo com o seu sonho de consumo. Ver a mulher como ela veio ao mundo. Essas novelas de época proporcionam cada choque cultural incrível. kkk
  • Só falta Anita achar que Melissa é boazinha só por causa de meia dúzia de palavras. Ai ai
  • Tenho pena de Bianca.
  • Se parar para analisar, Severa com aquela língua venenosa é responsável por intrigas em vários cantos da casa.
  • Se eu fosse o conde nem por tortura contaria que sou apaixonado por outra mulher. Diria na lata: eu não te amo. Isso bastou para terminar. E ponto.

PS. Não incluí o capítulo de hoje.

Foto: TV Globo