Caminhos opostos

Continuando sobre o beijo, pelo menos Júlia não saiu do carro correndo sem olhar para trás. Eles fecharam um ciclo. Cada um escolheu sua forma de superar a dor. Júlia casando. Pedro partindo.

A ida de Pedro para Fernando de Noronha (PE) me sinalizou uma coisa. Será que ele se envolverá com Taís (Maria Flor)? E o encontro dele com Miguel? Essas coisas em novela que não dá para entender. O cara é referência no Brasil quando o assunto é a Antártida. Tem mil trabalhos sobre o assunto, tem uma ONG conhecida, morre em um naufrágio na Antártida fazendo uma viagem sabática, que com certeza repercutiu nacionalmente nos noticiários e vai trabalhar na área dele, em Noronha – é bom lembrar – e ninguém o reconhece?

Por mais que ele não gostasse de ser fotografado, ele era professor, dava cursos, conhecia gente. Não é possível que ninguém que trabalhe com oceanografia não reconheça ele. Só porque agora é João? É super homem? Que por causa dos óculos vira Clark Kent. Mancada de novela.

Cuiuda a parte, o capítulo de ontem foi de despedidas. Júlia dizendo adeus a sua antiga vida e encarando a realidade de se casar sem amor. Tendo que ouvir a amiga sensata e a tia medrosa dizerem que a decisão dela é uma idiotice. E Pedro partindo os corações da família. Bernardo coitado. Ficou desorientado.

Inclusive, adorei apagação que Vicente deu em Marlene. Colocou ela no lugar. Por falar nesse pai, que homem bacana, neh? Pena que é do tipo que não pede ajuda. E isso irá, provavelmente, deixar a parte financeira da família doente. Porque a bola de neve está crescendo e em algum momento irá pesar.

Por falar em peso, Lailouca anda solitária. Ignorada por todos. Será que ela vai tomar jeito depois desse gelo? E Marta noiva? Fiquei pensando, as “amigas” insinuaram que Eriberto é gay, será que ela sabe e está sendo maquiavélica? Será que ela sabe, mas está em curso de um plano e não irá parar? Só aguardando cenas dos próximos capítulos.

 

Isso chamou minha atenção

Agenda vazia_MartaO chiquérrimo buffet de Marta deve ser bem requisitado. Mas por que a agenda que vive com ela só anda vazia? É ela folhear para “ouvir” a cigarra cri cri cri. 🙂 Não entendo isso. Custa rabiscar a agenda para dá veracidade a cena? Parece bobagem, mas esses detalhes enriquecem.

Foto: Carol Caminha

 

 

O retorno de Miguel

Lauro até reagiu bem ao aparecimento do amigo ex morto. Depois de um abraço carregado de emoção – por parte de Lauro – Miguel foi contar sua aventura. Eu não sou especialista em desastres no gelo, mas pelo tempo que ficou a deriva em contato com o mar gelado e ter sobrevivido… só creditando a milagre mesmo. Bom, é novela, neh? Vamos dá os devidos descontos. Pensei que a história da sobrevivência teria um destaque maior, mais detalhes, mas não achei ruim não. É coerente ao ritmo da novela.

Fiquei com dó dele quando viu seu amor e os filhos. Tá vendo? Isso que falo dessa novela. Não precisa aquele suspense de Lauro contando sobre a existência dos filhos. Já aparece ele conhecendo e sabendo do ocorrido. Voltando… foi sofrido, neh? Eu gosto desse ator. Ele passa o lado distante e até frio do personagem, mas ao mesmo tempo transmite paixão. Voltando mais uma vez… a cena de família feliz tinha que acontecer quando ele estava vendo kkk Ahhh judiação.

Essa questão da perda de memória parcial também me agradou. Ele ir descobrindo seu passado, seu presente homeopaticamente renderá boas cenas (assim espero). Estou imaginando quando Lígia souber. Gente, é de arrasar. A pessoa estava sofrendo  horrores, encontra uma esperança para continuar, depois conhece um cara bacana, casa e pouco tempo depois o homem da sua vida volta?! É muita informação. Agora é esperar, esperar, esperar…

 Resuma Express

  • O que é aquela mãe de Vicente?? Fala cada coisa. Acho que ela irá superar a mãe de Lígia. Fica babando Arthurzinho sem nenhuma cerimônia. Pelo jeito Vicente terá que ter jogo de cintura com essa família.
  • E Caio conversando com a cunhada sobre Irene? Me dá uma agonia quando ele fala. Parece que está engasgado. Como se estivesse com um milhão de frases não ditas. Sabe como é? Ele doido para ter um rebento, mas não se tocou ainda que é casado com uma workaholic. Pelo menos com dele.
  • Sempre me impressiono com Marta. Ela tem o dom de se fazer de vítima. Consegue reverter a situação de uma forma natural. Ainda bem que Júlia é equilibrada e não embarca na onda. Por falar na mocinha, que situação quando ela falou do encontro com Lígia para conhecer o material do “pai biológico”. Edgar já sacou que tem algo estranho entre Pedro e Júlia. Inclusive, no casamento quando ele disse: “chegamos ontem” e depois se fez de atrapalhado, foi para mostrar que viajou com ela. Ele não é besta. Está marcando o passo.

Isso chamou minha atenção

Quem contrataria a babá de Lígia levanta a mão? Ninguém?! Porque euzinha passaria adiante sem olhar para trás. Como é que um homem com cara de perdido aparece no portão, ela nem pergunta nada – pelo contrário já dá informações – deixa a criatura entrar e larga a criança sozinha na sala com ele? Por mais que ela estivesse aguardando uma pessoa, no mínimo era para ela perguntar: “Pois não?”. Lígia querida, demite essa moça.