Lívia

“E mesmo assim não sabe o que é ser amada”. Pronto! A novela já poderia terminar que eu estaria feliz. 🙂 Chegou a dar arrepios a atitude de Lívia. Peço desculpas a ela, pelas vezes que a chamei de pateta. Uau! Melissa perdeu o chão, ficou com cara de sem graça, de humilhada… foi um belo tapa na cara. E não parou por aí. Vou descrever algumas pérolas: “interesse quem tem é você. Eu amo o Felipe desde o primeiro dia que o vi”; “pode ficar tranquila porque não há a menor possibilidade de ficarmos juntos porque EU decidir assim”… e ainda devolveu os vestidos. E fechou com chave de ouro: “por favor, não me provoque. Ou vai se arrepender. Agora saia. Dê os seus chiliques em outro lugar”. Ahhh menina, você arrasou.

Pena que essa fase terminará em tragédia. Que tristeza. Eu pensando que o casal morreria pela ponta de uma espada; pelo visto será Melissa a dar o “tiro” de morte. Apesar que Pedro ainda encabeça esse posto. A obsessão dele sucumbiu de vez a razão. E nesse estágio não tem quem controle. Ele ainda guardar o segredo sobre Emília, Bernardo… porque deve estar tramando uma cartada final em grande estilo. Por enquanto ele está mais focado em Raul. Até agora tem se dado mal, mas pelo que passou ontem, dessa vez o jardineiro vai apanhar muito. Que dó.

Vamos aos tópicos porque esses últimos capítulos foram recheados de emoções:

  • Acho que estou com mais ódio nesse momento de Roberto do que de Melissa. Que sujeito baixo, cretino… mas também, olha a referência dele? Dorotéia. Anita não merecia isso, e mesmo sendo uma pedra cantada, foi duro ver ela sendo tratada daquela forma. Ele ficou transtornado. Afinal, essa notícia pode atrapalhar seus planos. Por isso mesmo tratou de antecipar o casamento; ou melhor, está mais empenhado em arrombar o cofre de Massimo. Só que o pai da moça está bem atento e deverá traçar um plano para pegar o vigarista com a boca na botija. E quem sabe manda-lo para a prisão.
  • Não canso de comentar sobre a atitude de Livia. Que coragem e segurança. Adorei. Melissa saiu com o rabo entre as pernas.
  • A cena entre a família mau-caráter discutindo sobre a gravidez de Anita ficou estranha. Porque a música remetia a seriedade, tensão… só que a discussão estava no estilo pastelão. Como é isso produção?
  • Não gostei de Lívia com aquela trança. Quer usar trança? Faz igual a de Katniss. É muito mais bacana. 🙂
  • Homem (desculpa generalizar) é Flórida. Mesmo com o mundo desabando, o coração apontando para um lado e a cabeça mandando para outro, o conde Felipe arranjou gás para dar umas amassos bem quentes em Melissa. Tudo bem que recentemente comentei que os homens da novela não ligavam para essa tentação mundana, mas ele tinha que se assanhar logo agora? Com tanto coisa acontecendo?
  • Bernardo ficou encarcerado em um manicômio pela mãe sabe-se lá por quanto tempo. Agora é a vez de Allegra fazer esse papel. Coitado. Duas mulheres que usam o amor para controla-lo.
  • É duro ver uma pessoa se sentindo superior a outra só por causa da cor da pele. Raul sofre muito. Como manter um amor vivo nesse contexto. Difícil.
  • Gema se mostrou uma leoa defendendo seu amor. Mais do que isso, mostrou o quanto é generosa e despreza a injustiça. Ainda bem que o lindo conde interviu a favor de Raul. Um fofo. Apaixonante.
  • Zilda sempre fez pouco caso dos funcionários do casarão. Os tratam como algo descartável. Mas depois de receber um puxão de orelha de Felipe e ouvir poucas e boas de Gema, acho que ela está tendo um fiapinho de humanidade. Tudo bem que ela é calejada pela vida, mas eu não acredito que isso seja motivo para ser tão amarga e indiferente com os outros.
  • Zilda não ajuda em nada quando a condessa está com o pé na cova. Fica histérica e acusando todo mundo (lê-se: Lívia). Assim não dá, mulher. Se contenha.
  • Antes eu achava que o diário iria se perder no tempo. Porque Alex estava firme com a promessa feito a mãe. Mas depois do fora de ontem, acho que ele vai acabar dando com a língua nos dentes. Espero que seja para o pai. Ou melhor, para Lívia.
  • Pérsio não disse a que veio, neh?
  • Dona Neném que se cuide. Dr Botelho ficou balançado ao ver Severa tocando piano. A música é algo interessante. Ela pode suavizar uma expressão… e despertar uma paixão.
  • Confesso que até um mantra inventei para continuar sentindo raiva da condessa Vitória. Mas desisto. Apaixonei. O que não significa que ela deva ficar impune pelos seus feitos. Outra coisa interessante. O amor. Um sentimento de “mão dupla”… o de amar. E o de reconhecer esse sentimento por você no outro.
  • Padre Luiz vai sair escandalizado da mansão. Acho que não vai aguentar o baque de tantas confissões. Porque – só falando por alto – além de descobrir que a condessa tem coração,  tem a confissão de Lívia e a de Anita. Ser padre não é fácil. Tem o voto de castidade, e ainda tem que guardar tantos segredos. Ainda mais nesse caso que é um verdadeiro quebra-cabeças.
  • Outro que já sacou tudo foi Dr Botelho.
  • Gema está sofrendo tanto. Ver a real face de um filho e ela ser tão cruel… deve doer demais.
  • Qual será a história de Zilda? Pensei que ela teve um marido, Afonso e depois ficou viúva. Mas pelo que Bento disse um tempo atrás, o contador da família veio de uma relação misteriosa. Um bastardo.

No mês de outubro acontecerá a virada de tempo. Começará uma nova fase, com os mesmos personagens, mas em situações diferentes (alguns). Não li nada no site da novela, mas tenho visto em outras fontes, que o clima campal, com vinhedos continuará… li também que a data prevista para o dia D será 20 de outubro. Bem, não tem nada oficial, mas uma coisa aqui e outra ali pode ser verdade. Tem mais informações, mas não quero falar nada por enquanto. Vamos esperar pra ver.

Foto: TV Globo

Desencontro de almas

Não é que Bento contou quase tudo para Dorotéia. E ainda tirou uma casquinha da “madame”, como ele mesmo diz. Agora a pergunta que venho fazendo. Como ela vai usar esse trunfo? Ameaçar e chantegear a condessa? Pedir dinheiro? O interessante disso tudo, é que a mãe de Melissa está mais preocupada que Bernardo não seja encontrado. Por causa da fortuna da velha. Mesmo Felipe também sendo muito rico. Ahh a ganância.

Pelo jeito o plano de vingança do ex capataz vai além de uma “simples” fofoca. Ele retornou a procurar Bernardo. E pelo jeito tem a intenção de dar cabo do rapaz. Mas o observando bem, ele não está feliz fazendo isso. Ele idolatrava a condessa. Lambia o chão que ela passasse. Vai saber os motivos. Outra que ele – de uma forma estranha – ama é Rosa. Está perdido sem ela. Ou fica comigo ou morre. Que homem asqueroso. E o pior que ainda pode fazer algo contra José.

Mudando de assunto, dois capítulos foram dedicados a Lívia e Felipe. Mas nem precisava tanto. Já que não se resolveu nada, mesmo com uma boa ajuda de Ariel. E da própria condessa.  A ex noviça fica dizendo que ele não tolera mentira por causa da reação quanto a história da morte da freira, mas ela não se dar conta que ele ficou possesso por achar que ela e Pedro passaram a noite juntos? No final das contas, essas atitudes só dão “munições” para o lado sombrio da novela.

Apesar de ser lindo ver os dois juntos, tentando se conter, mas que ao primeiro sinal de “baixar guarda” surge o sorriso frouxo, a cúmplice… mas do que serve tudo isso se não conversam, ou melhor, se ela não conta pelo menos uma parte de sua história? Ai acontece o que vem por aí. Chumbo grosso. Porque Pedro está um cão raivoso. Ainda mais depois do “mata leão” de Raul \o/; Que em consideração a Gema se conteve. Inclusive, sou fã desse casal. 🙂

Mas vamos aos tópicos que vou falar deles novamente.

  • Melissa se achando a rainha da Inglaterra no vestido de noiva e o amor dela num casebre afirmando que não poderá se casar. É uma pateta. Ser largada duas vezes pelo mesmo noivo não é qualquer um que merece.
  • Massimo olhou nos olhos de Salomé e falou coisas duras. Essa cena me fez lembra de algo que presenciei.  Um senhor como forma de declaração de amor (eu acho) para esposa disse que ela era como uma mãe. Que cuidava bem dele. A feição da mulher foi de uma tristeza profunda. Nem sei como ela não saiu correndo do local. Salomé judiou. Deu importância para coisas banais. E aos poucos o amor e desejo que o marido sentia foram minando. E se essa distância entre eles for concretizada, o quase caçador de borboletas irá encontrar um novo amor. Rosa.
  • Ariel não está agradando nem no céu e nem na terra. Coitado. Tem sofrido tanto. Até chorou.
  • Infelizmente, não é qualquer amiga que tem a coragem de Gema. Fez uma leitura impecável da saltimbanca. Mais claro impossível. E pelo jeito surtiu efeito. O ódio, a magoa contaminam. Mesmo uma pessoa que transbordava alegria pode se deixar levar e se tornar uma condessa Vitória.
  • Ô gente, Anita grávida de Roberto?? E ainda – como se a vida jogasse na cara – foi amparada por Afonso. Tão cuidadoso e atencioso. Será que o mau-caráter do irmão de Melissa vai dar as costas para ela? Que pergunta boba a minha. É claro que vai.
  • A condessa confia muito no seu taco, viu? Porque ela trata tão mal Zilda que não sei como não tem receio que a governanta coloque chumbinho (já existia?!) no seu chá. Zilda quase infartando por ter visto Bernardo (uma visão quase biônica) no jardim e ela pisoteando a coitada. Mesmo assim ela não abranda o coração. Nem com o filho. Que pelo jeito pretende ficar em Campobello e ainda não tem coragem de falar com a mãe. Agora imagina se ele decide assumir o filho de Anita? Aí ela empacota de vez.
  • Que angustia Gema e Raul estão passando. A polícia batendo na porta… alguma Pedro aprontou. Eles não terão paz.
  • Conde Felipe com o cabelo bagunçadinho por causa da chuva… tudo de bom.
  • Não vou mentir que quando Lívia disse “só por uma noite” achei que rolaria uma besteirinha.
  • Anita sabe que o irmão morre de ciúmes da amiga, mas mesmo assim conta que ela viajou. O povo também não segura a língua na boca.
  • Tão bacana Severa nessa nova fase. Alex parece uma plantinha que estava precisando de água. Já está desesperado só em pensar que a preceptora pode ir embora. E aquela carta? Será que foi alguém da família dela? Qual o segredo de Severa?
  • Dona Neném é sem noção mesmo. Quando alguém fala: passa lá um dia para visitar. Não precisa ser necessariamente no mesmo dia que a pessoa diz isso. kkkk
  • Que atendente mais indiscreta Lívia foi arranjar. Só faltou ela dizer: mas vocês dois se amam, neh?
  • Rita pondo ordem na casa de Massimo é ótimo. Mas ainda não entendi porque ela está com tanta moral. É medo de ficar sem a cozinheira? Ou da menina Felícia voltar a fazer greve de fome? Sinceramente nem faço questão de entender. Por tanto que ela continue assim… me fazendo rir. 🙂
  • Chico sofre tanto por causa da cor da pele que só o carinho e amor para faze-lo seguir adiante com sanidade.
  • A resposta que Lívia deveria dar para Pedro é: “pode falar. Diz para o conde quem eu sou e porque estou aqui; só assim vou me livrar de duas ameaças”. Simples assim.

 

Isso chamou minha atenção

Eu adoro sinalizar os erros de continuidade. E tenho que admitir que passo “pente fino” nessa novela, mas até agora não vi nada que chamasse minha atenção. As vezes vejo mais de uma vez a cena, mas tudo impecável. Os continuistas estão de parabéns.

Foto: TV Globo

Só em outra vida

Ciúmes não é coisa de Deus, e partindo disso, já se tem uma idéia que Pedro fará alguma bobagem. Ele só enxerga um único motivo para Lívia permanecer no casarão. Conde Felipe. Então o que ele faz? Invade o quarto dela, chantageia, ameaça, coloca dedo na cara… e ela o que faz? Deixa ele a abraçar depois de tudo isso. É muito pateta. E mais uma vez o “destino” deu munição para Melissa. Ela que não é trouxa já usou isso ao seu favor. Contou para o conde. Claro com um Q a mais no estilo #soumáedaí?. Como conseqüência, eles devem se desentender – novamente – por ruídos externos. Não adianta o amor e nem saber que por eles estariam juntos; se surgiu uma conversa enviesada é encrenca na certa.

Mas nem só de Lívia, conde, Melissa e Pedro viveram esses três últimos capítulos. O que foi aquela conversa entre Bento e a condessa?! Pensei dela sentar na cama de tão acuada ou, pior, acabasse pegando fogo por causa das mil velas que estavam atrás dela. Mas sério, mesmo sendo ameaçada daquele jeito, ela ficou firme. Sustentou o olhar. Mas se abalou realmente com a atitude do ex capanga em se castigar por causa do tiro. Avaliando esse bafafa feito para separar Allegra e Bernardo, ninguém saiu feliz ou satisfeito. Essa história só teve desgraça. Custava deixar o filho viver o amor da vida dele? Quem sabe até ela não interferindo ele se desencantasse e seguisse outro caminho. Ou melhor, ela se afeiçoasse pela jovem Allegra e a tivesse como uma filha. E mais no futuro teria a oportunidade de acompanhar o crescimento da neta Lívia. Mas assim não teria novela, neh?

Bem, vamos aos tópicos porque teve muita coisa boa.

  • Ôô que dó de Anita. Mas eu acredito que Gema vá apoiar a filha. Já o irmão ogro provavelmente irá desqualifica-la. Anita, não fique triste. As pessoas podem falar, te julgar, mas quando vc pegar seu filho no colo… tudo vai melhorar. 🙂
  • Estava na expectativa entre  a conversa de Livia com a avó, mas acabei me desapontando. Pelo menos ela foi meiga e falou mais do que em toda a novela sobre Bernardo com alguém. O finalzinho foi fofo: “minha menina”.
  • Não vou mentir que fico tensa quando a condessa está tão boazinha. Sempre acho que ela vai virar a casaca e sair metralhando todo mundo.
  • Pedro é um ser desprezível. Do tipo que não se deve nem dar ouvidos, mas uma coisa que ele disse é verdade. As pessoas estão se comportando como Deus nas histórias dos outros. Quem deve decidir não querer ver a mãe é Bernardo. Essa discusso: “assim é melhor para ele” já deu. Me fez até lembrar um capítulo da novela Sete Vidas, onde Lígia escalda a amiga por ela ter escondido que Miguel estava vivo. Ou seja, ela decidiu pela amiga para “protege-la” de uma desilusão/sofrimento/frustração. Mas não levou em conta que essa é uma decisão pessoal e intransferível.
  • Que lindo Chico pedindo Felícia em casamento. Melhor ainda ela falando a mesa sobre o assunto com a família. Essa inocência de uma criança que dá um tom especial a vida.
  • Pelo jeito Felipe está mesmo no speed de agir. Foi tirar pergunta com Pedro, intimou Lívia a dar o sinal verde, conversou com o filho… boas mudanças.
  • Será que nessa encarnação ainda Massimo verá a esposa sem camisola?
  • Rita voltou por cima da carne seca. Agora é descobrir em Walmir o verdadeiro amor (será?).
  • Carola não disse pra que veio, neh? Pensei que ela teria uma participação maior. Ainda mais que teve uma fase que ela dava em cima de Pedro.
  • Todo esperto pensa que o mundo inteiro é bobo. É aí que Roberto vai se dar mal. Massimo vai acabar com ele.
  • Severa e Afonso. Será que desse mato sai coelho? Ou será que Afonso vai assumir Anita e o bebê? Ainda estou achando ela uma forte candidata ao suicídio.
  • A macaca está solta para lodo de Bento. Apanhando por todos os lados. Até – Obaa – Raul deu um soco bem dado nele. Mas é claro que ele não poderia deixar barato. E foi fofocar com Pedro. Ele já está pondo sua vingancinha contra a condessa em prática. Contar para Dorotéia sobre Bernardo. Mas será que ele vai contar TUDO? E o que exatamente a mãe de Melissa fará com essa informação? Doida para descobrir.
  • Se hoje em dia relacionamento intre-racial gera em alguns lugares desconforto, imagina naquela época? Raul e Gema vão ter que ser fortes.
  • E a colheita de Ariel começou. Perdeu o poder de cura e de se mover entre espaço e tempo. Apesar do mestre dizer que não, isso é punição.
  • Em alguns momentos acho Lívia bem pamonha. Ainda mais quando o assunto é Pedro, mas uma coisas é certo, ela é forte feito a mãe. Porque é uma loucura o que ela está vivendo. Muitos sentimentos envolvidos. Carinho, medo,  magoa… e ainda ter que conviver com Melissa, Pedro, experimentar vestido de noiva, ver a amiga numa situação preocupante…. Aff! Quanta coisa.
  • Eu pensando que a condessa iria ver o sinal de Lívia… apesar que eu desconfio que Vitória já saiba que ela é sua neta.
  • Esse jeito eufórico de Melissa é tão ir-ri-tan-te (ter que ler essa palavra imitando ela. Travando os dentes, gesticulando e sacudindo a cabeça).
  • Pra quem está se escondendo, até que Emília e Bernardo estão bem a vontades. Ainda bem que quem entrou na casa foi Pedro. E não Walmir, Rita com Felícia… ou pior, uma visitinha surpresa de Bento.
  • Será que Bento vai continuar sua busca por Bernardo?
  • Pelo jeito José é filho do traste mesmo, neh?
  • A condessa mudou de verdade. Ela tratou Raul de forma digna. Perguntou até se ele estava melhor. Quanta mudança.
  • Primeiro contato entre Lívia e Alex. Pelo jeito o garoto gostou da futura mamãe. Pela que essa fase não terá um final feliz. Todos tristes e alguns até mortos.
  • Para você que está perdido. Convescote é piquenique mesmo. 🙂

Agora é aguardar os próximos capítulos. A mudança de fase está próxima. Já estou com saudade dessas roupas volumosas, a fala rebuscada….

Foto: TV Globo

 

 

 

 

Na ponta da espada

Como o mundo está girando mais rápido (é como me sinto), vamos direto aos tópicos:

  • Gente do céu, o mantra para não gostar da Condessa Vitória não está ajudando. Também, neh? Ela resolveu amolecer o coração. Tratando bem até os criados. Assim complica.
  • Essa veemência da condessa em querer ver Lívia com o vestido de noiva não vai dar o que preste. Ela vai acabar vendo o sinal. Ai ai aiii
  • Ufa! Pelo menos Lívia se tocou que Melissa não é esse anjinho de candura que aparenta ser. Agora é ficar atenta e não se sentir culpada por amar e dar uns beijinhos no conde.
  • Sinceramente eu não entendo porque Lívia está dando tantas oportunidades a Pedro. “O pouco que ainda resta da nossa amizade”? Tá doida, mulher! Além de ter tentado te agarrar, ele te chantageia e ameaça a todo momento. Teve a audácia de entrar no salão na frente de todos só para te intimidar. Se ela não tomar uma atitude vai se dar mal. Quem sabe contar com o apoio do conde? Ele anda desconfiado que o seu valet de chambre a intimida de alguma forma. Ô, doce menina, está esperando o que? Melissa envenenar o conde contra vc ou que Pedro faça o que anda prometendo?
  • Bento anda sem moral mesmo. Foi dar uma de fofoqueiro – coisa inclusive que ele adora – e tomou mais um passa fora da condessa. Rosa teve mais uma chance de continuar no casarão, e graças ao conde Felipe terá uma casinha para ficar com seu rebento por perto. Só não gostei da forma que ela ficou quando comentou sobre o pai de José. Pelo jeito é Bento mesmo.
  • Se no céu existir justa causa Ariel está ferrado. Ultrapassou todos os limites para ajudar o casal, mas até agora não conseguiu que Emília se quer cogitasse a possibilidade de perdoar a sogra. Será que essa interferência irá gerar desencontros mais a frente? Quando ele salvou Bernardo no casebre, achei horrível ele ter deixado Raul. Mas no final das contas foi o melhor para ele. Acho que esse momento e seu desfecho diz muita coisa.
  • Massimo não é bobo. Já pintou todo o cenário com esse interesse de Roberto na filha. Agora é ficar de olho para que esse gatuno não lhe roube.
  • Por mais que Anita sofra, espero que Roberto se revele como é realmente. Porque dessa forma não se prolonga tanto sofrimento. Aí que ódio estou desse… desse… nem sei do que chama-lo.
  • Só em novela mesmo um ser igual a Bento vai se deixar intimidar por um simples cocheiro, ao ponto de não adentrar numa gruta secreta atrás de uma “presa” tão valioso. Oxê!? No mundo real ele teria jogado Ariel em cima das velas e da santa e seguido o seu caminho.
  • Ôô eu já disse que sou fã de Gema e Raul? Já. Não custa registrar de novo. 🙂
  • Tô bege com a relação da condessa com Lívia. Acho que depois de tanto tempo foi o mais próximo de amor que ela já sentiu. O olhar, o carinho nas palavras, os protocolos quebrados… essa mudança não é só fragilidade ou velhice; o nome disso é “sangue”. Que por mais que as pessoas pensem que não significa nada, tem um valor forte. Adoro essas ironias da vida.
  • Quem está achando um tédio Melissa se preocupar tanto com o casamento de Lívia levante a mão. \o
  • Será que a condessa terá coragem de contar o segredo que ronda a história do seu filho Bernardo para Lívia?
  • No final das contas, Bernardo é irmão de Roberto e Melissa? Um bastardo? Espero uma explicação melhor desse babado no passado da condessa.
  • Não adiantou Dorotéia aconselhar Melissa a não questionar Severa sobre o diário. Já já a preceptora juntará os pontos. E eu já li no “Vem por aí”… olha o  SPOILER…………… que o diário está com Alex. Ahhh menino danado. Será que o conde vai comentar alguma coisa com o filho? Se tivessem o hábito de conversar abertamente, talvez não precisasse de tantos capítulos para se encontrar essas páginas tão preciosas.
  • Fiquei arrepiada e eufórica quando Felipe olhou nos olhos de Pedro e disse: “eu sempre soube que foi você quem deu a espada para Roberto naquela outra luta”. Amo esse conde (amores, só na ficção, viu? 🙂 ).
  • Essa atitude de Felipe pode ser um novo caminho que o personagem vá trilhar. Espero que seja realmente uma mudança. Ser menos observador e ser mais agir.
  • Tão fofo Lívia admitindo que se afeiçoou a vovó má.
  • Coragem a de Lívia perguntar na cara da condessa sobre Bernardo. Será que a vovó vai pular da cama e rodar a baiana?
  • Com exceção de Roberto e talvez Bento, os homens dessa época são bem contidos no quesito sexo, neh? Afonso, Raul, Felipe…por exemplo, ficam de boa sem um chamego. Calmos e serenos. kkkkk
  • Ainda bem que Lívia não fica mais tão pilhada com as atitudes da mãe. Porque quando Allegra quer… fica bem descompensada.

Agora é esperar o desenrolar de algumas ações desses três últimos capítulos. A conversa da condessa com Lívia, a cara de Pedro depois do jogo de esgrima, Rosa e José indo morar no casarão, Ariel depois da conversa com o mestre… e muito mais.

Foto: TV Globo

O amor acima da razão

Severa tem coração, meu povo. E pelo jeito agora ele se desmanchou de vez. O olhar dela para Alex não será mais o mesmo. Ele não será mais a criança insuportável que ela tem que aturar. Ele será o filho da mulher que morreu em seus braços. E não apenas ela que deverá ter uma atitude diferente com ele. O conde também deve rever suas atitudes com o filho. Porque se antes Alex era a dúvida, agora é o injustiçado. E estou na torcida que Felipe leve a cabo essa história do diário e só sossegue quando encontrar. Deve conter informações sobre a mocréia Melissa.

Por falar nela, ô gente, que bom vê essa víborazinha se dando mal. Não adiantou nada ela quase deixar a condessa em coma com as trocas dos remédios. E ainda teve que passar recibo com Felipe defendendo com afinco Lívia. Mas o melhor foi a cara de Oi?! que ela fez quando surgiu a ligação entre Severa e Berenice.  E o melhor, a preceptora que não é besta, se fez de atordoada e depois puxou o tapete. Boa, Severa, ganhou muitos pontos comigo. kkkk

Agora é esperar que o conde não se deixe levar pela língua de cobra da noiva e encontre o diário.

Até lá vamos aos tópicos:

  • Ô que dó de Rita. Faz tão bem a Felícia e ainda cuida da casa, mesmo assim Salomé não teve pena. Pelo menos Zilda – quem diria – anda coração mole e aceitou ela mesmo depois que gordinho saiu zanzando pela sala. Quem ficou feliz com a nova contratação foi Walmir. Será que desse mato sai coelho? Ou porquinho?
  • Lívia, minha filha, não tem esse papo “se” eu me aperfeiçoar. Vc “já” se aperfeiçoou. E ainda com marca registrada. Será que a condessa vai ver o sinal?
  • Torço para alguns casais darem certo na novela, mas no topo da lista está Raul e Gema. \o/
  • Triste demais ver Roberto iludindo Anita dessa forma. Jeito mais baixo de levar uma mulher para cama. Nojo desse cara.
  • Tenho que ficar com o mantra “Vitória é má. Vitória é má” na cabeça para não amar a personagem. Ela é muito engraçada. E agora mais do que nunca com essa implicando com Zilda. 🙂
  • Anjo também sofre. Ariel que o diga.
  • Não é possível que Lívia ainda ache Melissa boazinha. A ruindade transpira pelos poros.
  • Roberto vai roubar – literalmente – o tesouro de Massimo? É isso? Não quer herdar a riqueza dele? Cada dia com mais repulsa por esse ser.
  • Bianca gosta mesmo é de Pérsio. E ele dela. Ô, Rita, segue seu caminho.
  • Padre Luís sabe é de coisa, viu?
  • O que foi aquele encontro entre Rosa e Bento? Pelo menos ela disse que o filho não era dele. Mas será? Ainda bem que ela falou com dona Neném. Agora é torcer para que ela fique caladinha.
  • Que lindo Lívia e Felipe. Amor. Amor. Amor. Pena que nesse clima gostoso o flagra foi dado. Agora é esperar para ver a reação da nojentinha.

O jeito é ficar na torcida para que Lívia tenha coragem e conte para Felipe toda a verdade. Para que juntos tentem resolver esse babado. 🙂

Viajando na história

Adoro deduzir desfechos em novela, dar palpites do que virá pela frente, então não seria diferente agora. Pensando na reencarnação, achei que a autora poderia colocar um personagem que cometesse o Anita_Roberto_Mentirasuicídio. Cheguei a pensar que poderia ser Melissa. Já que ela comentou que o faria se o conde não cassasse com ela, mas observando a forma cafajeste que Roberto tem tratado a doce Anita, acho que ela seria uma forte candidata caso tivesse um “representante” com essa carga ao reencarnar. Deixando o meu devaneio fluir, será que uma pessoa que prejudicou tanto a outra – ao ponto dela se matar – também levaria para uma outra vida essa culpa? Não sou espirita e não tenho conhecimento para me aprofundar nesse assunto, mas conjecturando aqui com meus botões pensei sobre isso. E cá entre nós, Letícia Persiles trabalharia melhor um personagem mais complexo.

Foto: TV Globo

Sem máscaras

Teias de aranhas devidamente tiradas (Ô! Com tantas semanas sem postar 🙂 ), agora vamos ao que interessa.

Nessas ultimas semanas coisas importantes aconteceram. E, mesmo que de forma sutil, alguns personagens estão mudando ao longo do tempo. Severa, por exemplo, nesses últimos capítulos tem abrandado seu coração (graças ao piano). Na primeira vez que tocou suavizou sua expressão e olhou de verdade para Alex. Ele como uma doce criança embarcou nesse momento. E essa suave mudança tinha um propósito. Pelo jeito será Severa que limpará a honra de Berenice.

Espero que revirando essa história se comprove a falta de caráter de Melissa. Chega do conde achar que ela é boazinha.  Chegou a hora de dar uma sacudida nessa história e as máscaras começarem a cair. Pedro mesmo já deu seus deslizes. Um ser tão desprezível não sustenta um “ar de bom moço” por muito tempo. A novela está tão boa que até a ansiedade pela passagem de tempo sumiu. Por mim continuaria de época. 🙂

Mas vamos ao tópicos porque tem muita coisa eletrizante acontecendo.

  • Nesse longo período sem escrever muita coisa mudou. Melissa e Felipe, por exemplo, reataram o noivado. E o mais chocante, com o consentimento e promessas de se apaixonar do conde. Não custa lembrar que o plano – arriscado –  de Melissa foi bem sucedido. Mas ainda bem que as providencias estão sendo tomadas e até beijo entre ele e Lívia já aconteceu. Falta agora ir por terra abaixo esse noivado fajuto com Pedro.
  • Fica até sem graça falar sobre uma festa que aconteceu a milhões de anos atrás, mas quero comentar sobre a cara de dor de cotovelo de Lívia quando Felipe e Melissa anunciaram o noivado. Acho que no final das contas isso foi importante para ela se dar conta que esquecer o rapaz não será tarefa fácil. Se de um lado ela constatou isso, do outro Pedro odioso estava em choque por se dar conta o quanto sua doce obsessão ama Felipe.
  • Esse é outro que nesses últimos dias está dando medo. E o final trágico de Felipe está sendo escrito… Pedro tão dedicado as aulas de esgrima? Isso não vai prestar. E a forma que esse ser mal falou com a mãe sobre Raul? Ameaçando até Chico. Pelo menos ele deu um soco em Bento. Rolou até um tapinha na cara. kkkk
  • Dorotéia não vai quietar até descobrir o segredo da condessa. Mas é claro que ela está aproveitando as “investigações” para ganhar uns beijinhos. Aff só uma desmiolada (ou igual) como ela para encarar um ser tão desprezível como Bento. Só de imaginar me dá ânsia de vômito. Mas pelo menos é corajosa. Até no quarto da condessa já entrou para bisbilhotar. E conseguiu um aliado. O mau-caráter do Roberto.
  • Lívia e Felipe tiveram altos e baixos nessas últimas semanas. Já se pirraçaram, se olharam e ele até já disse poucas e boas para ela por causa de uma mentira (na verdade era puro ciúmes). Mas o amor está tão palpável que não tem mundo ao redor que importe. Tão linda a cena dele salvando ela no lago. Boa sintonia entre paisagem e atuação. Mas o melhor foi a observação de Felipe. Que algo está acontecendo com ela. Opa! Demorou. Agora é ver se ele segue com essas suspeitas.
  • Não é possível que nesse período no casarão Lívia não tenha percebido que o conde não é nada daquilo que Pedro fala.
  • Felipe está bem mais amoroso com Alex. No final das contas, essa aproximação interesseira de Melissa com o futuro enteado teve um lado positivo. Mas como ela já percebeu o tiro no pé que foi essa aproximação dos dois, está tratando de colocar caraminholas na cabeça do rapaz. E a vaca está quase conseguindo. Mas essa história de Berenice não acabou. E quem mudará o rumo dessa prosa será Severa. Que me deixou feliz sorrindo para Alex ao tocar piano. E que sem querer despertou o olhar de Afonso.
  • Ódio mortal do que Roberto fez com Anita. Ninguém merece ser enganada assim. Esse vai ter que voltar mesmo e pagar todo o mal que estar fazendo.
  • Será que essa subserviência de Bento com a condessa Vitória tem explicações de outras vidas?
  • Lívia começou como uma faz tudo na mansão, mas como a vida é irônica, acabou sendo a cuidadora da matriarca. E pela forma que a condessa está fragilizada, pode sim acontecer dela se apegar a vovó. E se acontecer Emília surta de vez.
  • O ator Luiz Carlos está dando um show a parte com o personagem Bento. Gente, acho que se visse ele na rua sairia correndo. A cena dele se explicando para a condessa foi desesperador. Ele anda tão pilhado que foi tirar pergunta com Raul. E o que aconteceu? Se queimou mais ainda com a condessa. Por sorte ela estava grogue e não o humilhou o bastante.
  • Chico foi audacioso. A inocência de uma criança move montanhas.
  • O núcleo Massimo está rendendo boas risadas. Não estava gostando de Bianca, mas ela vem encontrando um equilíbrio entre a burrinha e a pateta. Outra que vai sofrer horrores se casar com Roberto.
  • Não poderia deixar de comentar a cena da condessa indo ver o filho capturado. Se frustração tivesse uma cara seria a dela quando constatou que não era o filho amordaçado no casebre. Ainda bem que naquele caos astral, ela se tocou da presença e doença de Raul e ordenou que Bento cuidasse dele. Como o próprio jardineiro disse, foram as rosas da condessa que o salvaram.
  • Ariel vai ter que dar explicações ao mestre por ter libertado Bernardo. E a Emília também. Custava ele mandar um zap falando que estava com ele? 🙂
  • Foi de arrepiar quando a condessa pegou na mão de Zilda. É uma dor de alma. De desespero. Ela está a um passo de entregar os pontos. Vai morrer de tristeza. Já aceita que não encontrar o filho é castigo pelas ruindades que fez ao longo da vida. Quase sinto pena dela, mas Zilda tratou de lembrar quem é essa mulher: “O que esperar de uma mãe que é capaz de fazer o que fez com o senhor Bernardo. Depois de tudo que eu vi e ouvi não tenho mais ilusões”, disse a governanta.  Ou seja, ela é muito má.
  • A condessa está caidinha por Lívia. O que será desse apego quando ela souber que se trata de sua neta? Acho que ela irá gostar.
  • Afonso um homem de visão. Ser justo com os funcionários trará mais benefícios para o casarão.
  • Será que o filho de Rosa é de Bento? Vixe! Tomara que não. E dona Nenen? Será que não desconfia que a cozinheira é mãe dele? E o que foi aquela música de romance quando Massimo viu Rosa? Será que vem paixão por aí? Ele carente de atenção e ela dando doce de leite frito?! Não há um homem que resista. 🙂

Ufa!? Muita coisa, neh? Agora que minha rotina voltou para o eixo (pelo menos por enquanto) não vou ficar tanto tempo escrever. 🙂

Foto: Fábio Rocha

 

 

É o universo que conspira contra?!

Ver Lívia se complicando com essa história de ser noiva de Pedro só me faz pensar como às vezes nós mesmos atrapalhamos nossas vidas. Para que sustentar essa mentira? Não tem nenhuma vantagem para ela. Colocar ciúmes no conde? Se ela mesma acredita que ele é um cafajeste, mulherengo e engana a noiva; e teoricamente não liga para ela. Para se sentir protegida? Ela mesma afirma a quatro ventos que sabe muito bem se defender. Sem contar que Lívia sabe que Pedro a ama, que já passou do limite, mas mesmo assim se envereda nessa armação que não terá um final feliz.

Mas vamos aos tópicos porque hoje tem muito o que falar:

  • Ô que dó estou de Anita. Tão apaixonada. E pior, achando que é correspondida. Esse Roberto é um mau-caráter. Sujo igual a irmã. Essa é outra que vai vir na próxima fase para pagar com juros o que tem feito. A começar por iludir tanto Alex. E pelo visto ela não só tem a ver com a história da mãe dele trair Felipe como deve ter o dedo metido na morte dela.
  • Eu ainda não captei porque tanta tensão quando Felipe e Roberto jogam esgrima. Convidar o outro a praticar é tipo um desafio grave? E pra que diabos Roberto do nada comenta sobre Bernardete? Ficou meio forçada a cena. Ainda mais que – apesar do conde não aprovar as brincadeiras/estilo de vida do ex cunhado – nunca demonstraram inimizades.
  • Gente, e as mudas francesas? Pior que tem muita gente igual a Salomé que entende o que quer. kkkk
  • Irene Ravache é o máximo.
  • Emília tem um jeitão de maluca. E a atitude dela diante a filha só me comprovou isso. Ela adora uma chantagem emocional. Pega pesado mesmo. Não foi a toa que falou para Lívia que se ela fosse para o casarão não a consideraria mais como filha, mas mesmo sozinha, sem nenhum ser vivo por perto ela reafirmar isso?! “Agora somos só eu e vc (no caso Bernardo)”, disse ela. Essa mulher não bate bem da cachola. É intempestiva, não considera ninguém… a pobre Gema ficou desolada com o sumiço dela. Apesar que estava sendo bem consolada. Eita que esse é um beijo que estou ansiosa que aconteça. Pedro vai morrer maduro quando souber que a mãe e Raul estão nutrindo um sentimento genuíno um pelo outro.
  • Por falar nesse ser desprezível, já vi tudo. Ele vai mesmo matar o conde com uma espada. Só pode, neh? Nessa ânsia de aprender esgrima. E como uma única pessoa pode destilar tanta dúvida, raiva… sem nem pensar duas vezes.
  • Outra que segue essa linha de disseminar discórdia é Severa. Além de ser ruim para Alex, ela leva para toda a casa seu veneno. Mesmo gostando de Afonso, ela sentiu prazer em falar de Anita para magoa-lo. Essa tem que pagar dobrado.
  • Felipe comprou as terras por que é bonzinho e não se perdoaria por ter “contaminado” as terras de Sr. Genaro ou de forma inconsciente ele sabe que tem que ficar?
  • Será que Bento é filho da condessa? Vou amadurecer melhor essa hipótese.
  • Uma coisa Melissa tem razão. Se Dorotéia usar o trunfo contra Vitória de forma leviana, elas serão execradas. E não adianta a mãe plebéia está tendo um caso com Bento. Ele é fiel a condessa. E só.
  • Lívia não chamou apenas a atenção dos homens da mansão Castellini. A de Melissa também. Para ela juntar os pontos vai bastar ver o conde e a ex noviça no mesmo ambiente.
  • Se um velho senhor chegasse com um cajado na mão na porta da minha casa; e dissesse para eu perdoar a mulher que me fez sofre, eu perdoaria na hora. 🙂
  • Ainda bem que Vitória flagrou Lívia agachada perto da cama; porque assim é mais fácil arranjar desculpa. Pior se fosse abrindo as gavetas. Ela deve se safar bem. Quem não vai gostar nadica disso é Zilda. Que pelo jeito está com a língua coçando para demitir a moça.
  • O intuito de Dorotéia ir até o túmulo é saber a localização? Porque se ela está pensando em arrancar algo de Bento… vai se dar mal. No máximo vai conseguir uns amassos.
  • Quem ficou com vontade de comer TODOS os doces de dona Gema levanta a mão. \o
  • Realmente Emília deixou a Alegra cantante no passado. Daquele bandolim não saí nada. 🙂

Estou me bulindo para ler o que vem pela frente, mas desde Sete Vidas tento não antecipar (salvo algumas exceções) os acontecimentos para não interferir no texto; mas confesso que está sendo um sacrifício terrível.  Ainda mais que estou ansiosa para saber o que vai rolar nessa festa.

Isso chamou minha atenção

Cara sujaSó porque a pessoa está desmemoriada não precisa ficar com a cara tão suja, neh? Ainda mais depois de entrar num lago. Que vontade de pegar uma bucha e esfregar em Bernardo.

Foto: TV Globo

 

Caça a Bernardo

Gostaria muito de poder escrever num intervalo mais curto, mas infelizmente não é possível. Então, vou “vivendo” de maratonas Além do Tempo e postando quando dá 🙂 #desculpaaí

Vamos aos tópicos dos últimos quatro capítulos.

  • PQP! Essa condessa Castellini é mais suja do que o corrimão da Lapa. A pena dessa mulher na próxima vida tem que ser de tirar o fôlego. Ela já paga uma penitência diária que é a dor por Bernardo, mas é muito pouco. E quando ela souber que Emília está viva… saí de baixo. Bento terá muito serviço para fazer. Esse é outro que arrepia a alma. Não vou mentir que quando Bernardo apertou o pescoço dele pensei: Ufa! Menos um. kkkk
  • Lívia descobriu que a avó sabia que o filho não estava no caixão. Agora, o que fazer com essa informação?
  • Enfim o padre Luís mostrou porque andava tão nervoso e angustiado. Ele sabe da meia história da condessa. O que não quer dizer que seja cúmplice ou mau-caráter. No final das contas, ele está atrelado a essa balbúrdia por conta do hábito. Afinal, segundo ele mesmo, segredo de confissão é perpétuo. É inviolável. E um VIVA! para o padre por ter desconcertado a megera.
  • Melissa é um porre.
  • Que dó de Anita. Pelo cenário que está se montando, orientado pela irmã, Roberto vai deitar e rolar com os sentimentos dela. E espero que esse amor por ele não a cegue totalmente. Porque o interesse dele por Lívia pode virar um problema na relação das duas amigas.
  • Xiii esse negócio de esgrima não está me cheirando bem. Será que é dessa forma que a vida de Felipe terá um fim? Pelas mãos de Pedro. Aí que nervoso.
  • Pedro é um escroto; pobre dona Gema.
  • Não vejo como o plano de Lívia dar certo. Se infiltrar na casa para descobrir algo? Ouvindo atrás das portas? É assim? Porque pelo que mostrou, o trabalho temporário é para cozinha, no máximo servir no dia da festa. Vamos ver no que vai dar. O importante é ela não ficar parada comendo mosca ou ajoelhada rezando para Deus.
  • Massimo poderia incluir na negociação com Salomé ver ela sem camisola (já que é o sonho dele). Mas ele é um gentleman. Ponto para ele. 🙂
  • Até eu acreditei que a condessa poderia ser boazinha por ter tratado tão bem Felícia e Rita. Ô velha danada. E mesmo depois de quinhentos mil anos trabalhando para ela, Zilda ainda faz cara de espanto. Sabe de nada, inocente.
  • Uma notícia boa nessa novela MEU DEUS. Afonso foi reconhecido. Pena que no mesmo dia levou toco de Anita. Mas ele está seguindo em frente. Mesmo com o coração apertado. Tadinho.
  • Dona Neném levou um bota fora de Dorotéia. Mas quem não chora não mama. E espero que ela vá deslumbrante a festa. E de lambuja ainda conquiste o coração de Dr Botelho.
  • Mesmo sendo espezinhado Raul passa uma segurança mo olhar. Como se fosse inabalável. Gente, ter a vida que ele tem não é mole. É dureza.
  • O que foi aquele encontro entre Felipe e Lívia no armazém? Fiquem aí com besteira. Tratem de se entenderem logo. Uma coisa é fato: o tempo é implacável.
  • Pelo menos Felipe vai tentar mais uma aproximação. Será que ela não vai aproveitar e comentar algo mais claro sobre Melissa?
  • E as buscas começaram. Espero que não encontrem nem o desmemoriado e nem as rosas dele. Ariel vai ter que agir.
  • A pamonha da Lívia vai confirmar que é noiva, neh? Tá na cara. Tédio total.
  • Eu já deixei registrado aqui que o conde é um arraso? Não? Então anota aí: o conde é uma arraso. 🙂

Já tem mais de um mês de novela. Teoricamente serão uns dois, três meses essa primeira fase. Estou ansiosa para saber como a passagem de tempo será feita. E como os personagem virão. Agora só me resta esperar.

Foto: Marcele Bessa

 

 

 

 

Ao pó retorna… pedras?!

Se a novela andava morna, esses últimos capítulos pegaram fogo. Quanta tensão e emoção. Vamos direto aos tópicos. Não custa sinalizar que cronologia não é meu forte. 🙂

  • Agora está comprovado. Bernardo está a solta por aí. Pelo menos Emília não vai ser taxada de maluca pelos que a cercam. Mas cá entre nós, ela age de vez enquando como uma lelé da cuca mesmo. Até eu que sabia que Bernardo estava vivo ficava com a pulga atrás da orelha quando o assunto era a sanidade dela. Ainda mais quando ela falava agitada, consertava nervosamente o xale e tinha idéias estapafúrdias.  🙂
  • Arrepia todos os meus pêlos quando vejo Bento. Afff que homem horrível. E ele indo intimar Raul. Que ódio. Como disse dona Gema, foi Deus que segurou sua mão, Sr. Raul. Porque só essa explicação para você não ter estrangulado esse capataz.
  • “Eu já fui escravo. Hoje sou livre. Não vou me escravizar de novo”, o pior é saber que esse relato de Raul exemplifica uma realidade. Pessoas que foram humilhadas e violentadas por causa da cor da pele. No contra ponto, tem dona Gema; que é o exemplo que com bondade, respeito, carinho e atenção se pode tirar o amargor do coração de alguém.
  • Será que Padre Luís sabe mais do que aparenta?
  • Só eu dei um pinote quando Lívia pegou no braço da mãe para contar sobre a cruz? 🙂
  •  Não suporto Melissa. Mas até que ela fica menos nojenta quando implica com Severa e Zilda. Na verdade, esse efeito dominó na novela acaba tendo um lado positivo. Porque as pessoas que não prestam, de uma certa forma tem um retorno rápido da humilhação que acabou de fazer. Claro que nos casos corriqueiros.
  • A condessa é má. É má. É má. Nem parece ter coração. Mas o sofrimento é real. É carnal.
  • Adoro Anita. Ela tinha que se apaixonar, ou melhor, amar Roberto?! O rapaz nem olhou para ela direito. Ô gente, espero que a pequena não sofra tanto.
  • O irmão galanteador de Melissa, de alguma forma trouxe frescor para a condessa.
  • Agora, só falta ele amar de verdade Lívia.
  • Tudo bem que Lívia e Gema tenham ficado assustadas com essa história  de mexer em túmulo; mas bem que elas poderiam ter dado uma ajudinha para Emília. Pelo menos na primeira etapa. Que foi quebrar a tampa. Ainda bem que o anjo bom apareceu. Porque caso contrário, não teria milagre que desse conta pra manter ela de pé. kkk
  • Salomé, Salomé, você vai perder o marido de vez. Toma logo esse Elixir; O efeito será imediato. Mais eficaz que muita coisa que vimos por aí. Como, por exemplo, os tão conhecidos cartazes: trago o amado em 10 dias.
  • Poucos são os personagem que estão no compasso do amor; o que não quer dizer necessariamente que vão ficar juntos. Mas a maioria está num desencontro danado. Carola gosta de Pedro. Pedro gosta de Lívia. Walmir gosta de Rita. Rita gosta de Pérsio. Severa gosta de Afonso. Afonso gosta de Anita. Anita gosta de Roberto… eita que é muito desencontro.
  • E Bernardo deu as caras. E pelo visto Ariel está cuidado dele também. Espero que ele consiga unir Emília e Bernardo nessa vida ainda. Eles merecem.
  • As crianças dessa novela vão precisar de terapia quando forem adultos.
  • Conde Felipe está sendo frouxo ao desistir das terras de Genaro. Ele ficou apaixonado pelas terras, pela idéia de produzir vinho… recebeu um “não” e desiste de tudo? Até mesmo de Lívia? Ô, rapaz, ela não é o amor de sua vida? Ou melhor, de outras vidas? Então, lute, finque raízes e siga seu plano. Simples assim.
  • Porque Pedro tem que ser do mau, neh?
  • É, dona Gema, você aí achando que suas pernas nunca mais tremeriam tanto quanto no dia que viu o caixão cheio de pedras, não imaginava que veria Sr. Raul sem camisa. Agora vai ser difícil deixar ele ir, neh, meu bem?!
  • Ver Lívia e a mãe abraçadinhas na cama papeando deu uma vontade de ir correndo na casa da minha e me aninhar nos braços dela. Depois que crescemos perdemos bons hábitos.

Isso chamou minha atenção

Felipe vê EmíliaNão achei nada bom o conde ter visto o rosto da mãe de Lívia. Ele pode muito bem comentar algo com a condessa. Mas a essa altura acho que Emília já ligou o [email protected]#¢£-se.

Foto: TV Globo

 

 

Atitude

O Conde Felipe terá que ter colhão para sustentar a decisão dele. Porque sofrerá pressão por todos os lados. Se hoje para alguns a palavra dada não tem poder, naquela época valia mais que documento assinado. Então não deve estar sendo fácil para o Conde. E ainda ter que ouvir ofensas como egoísta, moleque, desonesto, cafajeste… Mas tudo vale a pena para ficar com a ex noviça. Será?

Como a novela começou praticamente ontem, muita água ainda vai rolar por baixo dessa ponte, ainda mais com essa história de reencarnação. Não paro de pensar na frase: nessa fase só vai dar merda. Por isso, tento não me empolgar muito. Imagina se ele vai viver tranquilo produzindo vinho gostoso, cuidando com amor e carinho do filho e da esposa? De jeito nenhum. Assim não teria novela, neh?

E a Condessa Vitória sofrendo horrores pelo filho. A mulher é ruim, viu? Mas a dor por Bernardo é verdadeira. Por falta, por culpa, por raiva, afinal ele a contradisse ao ficar com Allegra. O pior que Felipe irá pelo mesmo caminho. Será que ela tentará matar Lívia também? Uma coisa que chamou minha atenção… por que ela comentou com Zilda que não pode contar a verdade para Felipe? Será apenas por receio de levantar suspeita de ter armado o acidente ou tem algo mais? E mudando um pouco o foco, e ela experimentando o bolo? Verdade seja dita, ela pode ser dura, tratante e má, mas reconhece quando um trabalho é bem feito. Seja um bolo delicioso ou as lindas rosas no seu jardim. 

Agora vamos inaugurar os tópicos nessa nova jornada. 🙂

  • O que foi aquele chá na casa de Salomé? Teve de tudo. De zoação a negócios. Melissa com cara de sonsa zombando de Bianca, que por sua vez só falava besteira, Massimo desfilando pela sala cheio de lama… O melhor de tudo foi ver Severa tentando ser superior a Rita e se dando mal. A preceptora de Felícia deixou a outro no グラウンド (chão em japonês kkk).
  • Que constrangedor quando Gema pediu para Raul ler. O filho mandou na lata: “fala a verdade, pai”. Não fica assim não, Sr. Raul. A Gema vai lhe ajudar. 🙂
  • Só não percebe quem não quer o quanto Pedro é psico. Obcecado por Lívia. Estou achando que ele vai acabar matando ela ou o Conde.
  • Melissa “ama” mesmo o conde, neh? E considerando o que a mãe dela falou, deve ser mais uma obcecada. Porque deve ter dedo dela nessa história de Berenice trair Felipe. E quem sabe até na morte.
  • Esse conde é um gato (só para deixar registrado 🙂 ).
Foto: Fábio Rocha